Salvador

Protesto: 17 linhas da CSN só voltam a circular a partir das 8h desta sexta-feria (9)

[Protesto: 17 linhas da CSN só voltam a circular a partir das 8h desta sexta-feria (9)]
09 de Julho de 2021 às 06:28 Por: Redação BNews

Os rodoviários da antiga empresa CSN da bacia Orla/Estação Mussurunga iniciaram na manhã desta sexta-feira (9) um protesto contra a falta de pagamento de direitos trabalhistas devidos aos cobradores e motoristas. Ônibus de 17 linhas em Salvador não saíram das garagens e só começam a circular a partir das 8h.

De acordo com o sindicato, há expectativa para leilão de dois terrenos da CSN para angariar fundos que cubra o passivo. “São 1.118 trabalhadores que precisam receber seus direitos e todos que foram recontratados via Reda”, disse Fábio Primo em entrevista a TV Bahia na manhã desta sexta. 

“Nossa intenção não é trazer prejuízo para a cidade, nem para o prefeito e nem para a população, mas é uma forma de dizer que o sapato tá apertado e precisamos receber nosso direito”, completou. 

Algumas estações de ônibus da capital baiana possuem movimento intenso. A secretaria da Mobilidade fez um plano para tentar amenizar o protesto. 

 

Em nota, a Prefeitura de Salvador informou que a operação contará com veículos da OTTRANS, Plataforma e do Transporte Complementar (STEC), os amarelinhos, que irão atuar em linhas operadas pela Prefeitura. Ao todo, 47 linhas serão afetadas com a paralisação, que atendem a região da Estação Mussurunga, Orla e Centro. Ônibus da concessionária OTTRANS irão circular em 13 linhas, a maioria na Estação Mussurunga. Os veículos da Plataforma ficarão com 11 linhas e os amarelinhos, sete linhas. 

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar