Artigo

Enganação por todos os lados

[Enganação por todos os lados]
07 de Outubro de 2019 às 07:49 Por: José Medrado* 0comentários

Estamos vivendo uma era fake por todos os lados. Mentiras, calúnias jogadas ao vento, mas também verdades escondidas se revelam. Ontem mesmo no programa Fantástico, da Globo, uma matéria denúncia teve grande destaque. Tratava de um tido médium de psicografia que, supostamente, frauda as mensagens que diz receber espiritualmente. Tudo está sendo investigados com forte indícios de convicção.  Recebi dezenas de questionamentos, e o que mais prevalecia era como distinguir o joio do trigo, o falso do verdadeiro? Há um princípio básico de reconhecimento da seriedade de um trabalho mediúnico: o médium não pode viver do produto de sua produção, seja qual for: livros, pinturas... ou seja, ele precisa ter um emprego. Chico Xavier, a nossa maior referência mediúnica, foi funcionário público e assim se aposentou. Divaldo Franco idem.

Infelizmente, estamos vendo oportunistas por todos os lados da nossa sociedade, querendo se autobeneficiar com tudo aquilo que julgam oportunidades. Geralmente, quando no campo religioso, criam uma cortina de fumaça, afirmando trabalho social, dando a entender que tudo que recebe de recursos é direcionado à atividade no bem, mas apenas maquia a atividade, no conhecido “para inglês vê”. A atividade mediúnica, como qualquer outra no âmbito das religiões, precisa guardar o compromisso com o ético, como a dignidade da ação de caridade. Vemos, por outro lado, que os que se lançam ao processo de aproveitamento, penso, carrega desvios sérios psicológicos, onde um processo  de psicanálise, psicoterapia poderia ajudar a se reconhecer com grandes complexos de inferioridade, de ego inflado, razão pela busca da atenção dos afagos dos que lhes vão ao encontro, mesmo eles sabendo que não vivem a verdade do que se apresentam. Naturalmente, que não se justificam os crimes que cometem, mas explicam a perturbação de suas almas.

Atentos a isso, os chamados leigos poderão compreender que o serviço espiritual é para bem servir a uma causa, casa jamais a si mesmo, nos devaneios de mentes em desalinho.

 

*José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Escreve para o BNews às segundas-feiras.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas