Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições 2020

Moema não acredita em interferência de Bolsonaro na eleição municipal e diz não se preocupar com Teobaldo e Mirela

[Moema não acredita em interferência de Bolsonaro na eleição municipal e diz não se preocupar com Teobaldo e Mirela]
22 de Setembro de 2020 às 16:53 Por: Victor Pinto

Atual prefeita de Lauro de Freitas e candidata à reeleição, Moema Gramacho (PT) não acredita que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), consiga influenciar significativamente na eleição municipal. Em entrevista ao BNews, também disse não se preocupar com as candidaturas de Teobaldo Costa (DEM) e Mirela Macedo (PSD).

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

BNews: Como a senhora acha que vai ser essa campanha eleitoral, agora em um novo momento?

Moema Gramacho: Uma campanha atípica, que temos que ter todo cuidado. Para além de fazer campanha, nossa preocupação maior é com a vida das pessoas. Não permitir aumento da contaminação e manter o distanciamento social. Obviamente, isso vai requerer investimento maior nas redes sociais, em compensação temos também que ter conversa com as pessoas. As conversas com as pessoas, ir nas casas ou até realizar eventos presenciais que se mantenha todas as precauções. Não deixar de falar com as pessoas, mas manter todo cuidado.

BNews: Como foi o trabalho da prefeitura de Lauro de Freitas contra o novo coronavírus?

Moema: Nós focamos na atuação da prefeitura no combate ao covid. Criamos um centro específico para, digamos, atenção e internação, tudo para salvar vidas. Criamos coordenação vinculada ao nosso gabinete para cuidar também da prevenção. Fizemos isolamento social, dialogando sempre com o setor empresarial. Não entramos nessa de dicotomia entre saúde e economia. Buscamos garantir que houvesse isolamento social, com foco em salvar vidas, mas o setor empresarial também participou com a gente.

BNews: A senhora acredita que projetos, obras, contam na reeleição, ou mais a questão da persona, do partido?

Moema: Acho que as duas coisas contam. Mas eu considero que as obras e ações contam muito mais. Nós estamos fazendo a maior obra de Lauro de Freitas, o esgotamento sanitário. Às vezes, as pessoas não veem, porque é subterrâneo, mas nós vamos sair de 35% a 40% para 100% em toda a cidade. E a outra muito grande que aflige a população é a macrodrenagem do Rio Ipitanga.

BNews: Quem é seu principal adversário: Teobaldo Costa (DEM) ou Mirela Macedo (PSD)?

Moema: Os dois estão disputando. Não estou preocupada com a disputa entre eles. O que tô querendo é fazer campanha sem subestimar o adversário, mas me incomodo muito mais é com o que o povo espera de nós. Temos muita coisa pra fazer ainda. E o povo sabe que o que deixei em 2012 e não foi feito, fiz agora.

BNews: A senhora acha que o governador tem alguma interferência no contexto político? E Bolsonaro?

Moema: O governador participou da nossa convenção. Tenho 40 anos de amizade com ele, mas mais do que isso ele é um republicano. Às vezes municípios não tem nem candidatos, mas ele apoia. Ele sabe como quero bem a Lauro. Ele, Wagner, Dilma, Lula. Esse apoio é muito importante porque a parceria entre governo do estado e Lauro de Freitas tem sido fantástica. O fator Bolsonaro não influencia tanto. Eu fui eleita três vezes e, na última, já estava campanha para Bolsonaro, mas Haddad ganhou com 62%.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso