Entrevistas

Entrevistas

[Presidente da Amab critica aposentadoria compulsória e defende perda do cargo]

Presidente da Amab critica aposentadoria compulsória e defende perda do cargo

11 de Abril de 2017 às 00:00

O juiz Freddy Pitta Lima, presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab) concedeu entrevista à Coluna Jusnews e falou sobre diversos assuntos que estão na agenda nacional, a exemplo da lei de abuso de autoridade, que pode criminalizar juízes e membros do MP.Inicialmente, o juiz faz uma análise do magistrado e do judiciário baiano na atualidade: “o magistrado de hoje não é como de antigamente, quando o poder Judiciário era corporativista”. Além disso, o presidente da Amab falou sobre o objetivo da lei de abuso de autoridade: “acredito que essas decisões têm sido puramente políticas. Querem calar o Judiciário”.Lima respondeu, também, aos questionamentos sobre polêmicas envolvendo o TJ-BA, inclusive supersalários pagos aos servidores: “a Associação dos Magistrados da Bahia infelizmente vai ter que tomar medidas junto ao CNJ, e eu pretendo fazer isso”. Sobre a crise carcerária, foi enfático: “o Judiciário não tem culpa alguma na crise do sistema carcerário. Isso é culpa do executivo... para você ter ideia, eu participei de pelo menos cinco reuniões onde o poder Judiciário cobra do executivo tornozeleiras eletrônicas. Nosso somos um dos poucos estados que não têm”.Por fim, também se posiciona contra a aposentadoria compulsória, defendendo a expulsão dos juízes corruptos da magistratura: “nós queremos a punição do juiz de forma administrativa com a punição máxima de perda do cargo”.

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas