Salvador

Auditoria mostra que não há desequilíbrio em contrato da prefeitura com empresas de ônibus, diz Rita Tourinho

[Auditoria mostra que não há desequilíbrio em contrato da prefeitura com empresas de ônibus, diz Rita Tourinho]
11 de Janeiro de 2019 às 08:02 Por: Paulo M. Azevedo/BNews Por: Redação BNews 0comentários

A auditoria realizada nos contratos das empresas de ônibus com a prefeitura de Salvador para o transporte público mostra que não há o desequilíbrio alegado por empresários do setor. A informação foi passada pela promotora de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Rita Tourinho, em entrevista à Metrópole FM.

“A consultoria diz que esse desequilíbrio que as empresas alegam não existe e, diante disso, houve o impasse que adiou a majoração da tarifa”, contou a promotora.

Em 2017, os consórcios que operam em Salvador alegaram que o prejuízo mensal era de R$ 12 milhões. Com esse argumento, os empresários foram até o MP-BA e à prefeitura para solicitar revisão do sistema com redesenho de algumas linhas.

Os donos das empresas também mencionaram um estudo feito pela Ernest&Young no ano de 2016 e que apontava um desequilíbrio econômico-financeiro no sistema de transporte da capital.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas