Coronavírus

Coronavírus: Procissão do padroeiro de Salvador não acontecerá pelo segundo ano seguido

[Coronavírus: Procissão do padroeiro de Salvador não acontecerá pelo segundo ano seguido]
06 de Maio de 2021 às 12:50 Por: Divulgação/Arquidiocese de Salvador Por: Redação BNews

A procissão do padroeiro de Salvador, São Francisco de Xavier, não será realizada pelo segundo ano consecutivo em razão da pandemia do novo coronavírus. O cortejo sai, tradicionalmente, da Câmara Municipal.

A Santa Missa será realizada na próxima segunda-feira (10), às 11h, na Catedral Basílica, centro da cidade, com público reduzido.

A celebração será presidida pelo Cardeal Dom Sério da Rocha, Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil. Haverá transmissão online pelo perfil no Instagram @saotomasmoro, do grupo de oração da Câmara Municipal de Salvador.

História

A festa de São Francisco Xavier é celebrada no dia 3 de dezembro no calendário litúrgico católico. No período colonial brasileiro, no entanto, a cidade de Salvador foi assolada pela febre amarela, em 1686, e pela coléra morbus, em 1855.

Como São Francisco Xavier morrera de peste, os jesuítas sugeriram à população implorar a intercessão do santo. Após a peste cessar, houve um movimento popular que atingiu as autoridades locais (na época, o Senado da Câmara), e foi dirigido ao papa de então um pedido para que São Francisco Xavier fosse declarado padroeiro de Salvador.

Em bula solene datada de 10 de maio, o santo foi declarado padroeiro da capital baiana.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar