Justiça

Justiça afasta coveiro de cemitério municipal por xingar cadáveres e atos de corrupção

[ Justiça afasta coveiro de cemitério municipal por xingar cadáveres e atos de corrupção ]
24 de Setembro de 2021 às 21:55 Por: TJ-PR

A Justiça do Paraná determinou que um coveiro do Cemitério Municipal de Terra Roxa, no oeste do estado, seja afastado da função depois de o Ministério Público do Paraná (MP-PR) ter acusado o servidor público de cobrar pagamentos extras para fazer a exumação de cadáveres e de xingar os falecidos.

Segundo a promotoria, o servidor público e o filho dele são acusados dos crimes de corrupção passiva e vilipêndio de cadáver, tendo em vista que exigiram pagamentos extras para fazer, pelo menos duas exumações de cadáveres, quando a atividade fazia parte da função do coveiro. Além disso, a Justiça o acusa de tratar com desdém e desrespeito os corpos dos mortos, "proferindo palavras de desrespeito aos falecidos".

Classificação Indicativa: LIVRE


Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar