Olimpíadas

Boxeador baiano, Hebert Conceição estreia nesta quinta (29) nas Olimpíadas

Jonne Roriz/COB

Publicado em 28/07/2021, às 21h57    Jonne Roriz/COB    Lara Curcino

Depois da ótima estreia de Keno Marley no boxe na madrugada desta quarta-feira (28), outro pugilista baiano terá sua primeira luta das Olimpíadas de Tóquio na quinta (29), às 5h (horário de Brasília): Hebert Conceição. 

O soteropolitano, que compete na categoria peso médio (até 75kg), terá pela frente o chinês Tuoheta Erbieke, nas oitavas de final. Assim como Hebert, seu adversário participa de sua primeira edição olímpica. O asiático tem como melhor atuação na carreira o nono lugar no Mundial de Boxe de 2019.

Aos 23 anos, Hebert é quarto colocado no ranking mundial de sua categoria e acumula as medalhas de prata, no Pan-Americano de Lima-2019, e de bronze, no Mundial de Boxe do mesmo ano. 

Ao BNews, o atleta afirmou que chega aos Jogos com grandes expectativas de bom desempenho e que quer representar o povo baiano em Tóquio. 

"Uma expectativa muito grande, uma sensação muito boa de poder estar lutar e representar o Brasil nos meus primeiros Jogos Olímpicos. E nessa edição tão especial, tão conturbada que foi para acontecer, estar aqui é uma sensação muito boa, porque antes a incerteza imperava, depois que esse vírus maldito nos atingiu. Agora eu estou focado em lutar e representar e buscar o melhor resultado possível para poder fazer o povo brasileiro, e em especial o povo baiano, se sentir representado. Pra mim será uma satisfação muito grande"

Outros baianos

Além de Hebert e Keno, outros oito atletas baianos competem pelo Brasil em Tóquio. Entre eles, mais uma atleta conterrânea: Beatriz Ferreira, campeã mundial de boxe, primeira no ranking, estreia na sexta (30) e é grande esperança de pódio. 

Classificação Indicativa: Livre