BNews Sergipe

Empada de Aratu de Terra Caída é declarada patrimônio cultural imaterial de Sergipe

Divulgação

PL que reconhece Empada de Aratu como patrimônio imaterial é aprovada

Publicado em 07/12/2021, às 21h05    Divulgação    Redação BNews

Os deputados da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), por unanimidade, declararam a empada de Aratu, do povoado Terra Caída, no município de Indiaroba, patrimônio cultural imaterial do estado. O Projeto de Lei 277/2021, de autoria do deputado Iran Barbosa, foi aprovado nesta terça-feira (7) e segue para sanção do governador Belivaldo Chagas (PSD).

A iguaria, que é produzida há mais de 50 anos por Pascásio Custódio da Costa, de 85 anos, se tornou o prato mais atrativo do Restaurante Frutos do Mar, de sua propriedade, que funciona próximo à rampa de embarque para a balsa que faz a travessia do Rio Piauí.

Leia Mais:

Prefeitura de Aracaju apresenta PL que pode diminuir impacto em reajuste de tarifa de ônibus em 2022
Prefeitura de Aracaju adota novas regras para eventos de fim de ano
Justiça determina suspensão de reajuste de salário de servidores em Carmópolis

O deputado Iran Barbosa (PT) afirmou: “Quem já teve a oportunidade de provar essa empadinha produzida pelo senhor Pascásio, reconhece logo que se trata de uma verdadeira maravilha gastronômica. Pela singularidade no seu modo de fazer, por seu sabor único e por sua identidade como um prato da culinária daquela comunidade pesqueira, compreendemos que é merecido o reconhecimento desta empada de aratu como um patrimônio da nossa cultura e que deve ser preservado e passado para as próximas gerações. Agradeço aos colegas parlamentares pela aprovação unânime dessa proposta”.

Acompanhe o BNews Sergipe também no Instagram.

Classificação Indicativa: Livre