Cidades

‘Sem responsável’, infiltração em sítio histórico preocupa moradores do Centro

Local em frente à Concha Acústica corre risco de desabamento apesar do alerta popular

Publicado em 07/01/2016, às 06h19    Paulo M. Azevedo / Bocão News    Vinícius Ribeiro (Twitter: @vin_ribeiro)

Uma infiltração na Rua Gustavo de Andrade, em frente à Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), na Ladeira da Fonte, Centro de Salvador, vem trazendo transtornos para os moradores da localidade. Conforme os relatos, o problema teve início em maio de 2015, período marcado por fortes chuvas na capital baiana.

Após meses peregrinando em diversos órgãos competentes em busca de solução para o problema, o técnico em Eletrônica, Roberto da Silva Moura, 41 anos, viu a situação se agravar com a chuva da manhã de segunda-feira (4).

De acordo com documentação apresentada pelo morador ao Bocão News, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Codesal) e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) já registram a reinvindicação dos moradores, mas até o momento nada de efetivo foi feito. "Qualquer coisa que acontecer, em caso de alguma tragédia, nós temos como certificar que procuramos estes órgãos como forma de prevenção", disse Roberto, enquanto exibia os protocolos e destacava a frequente presença de crianças na área.

Com o último temporal, a Fonte de São Pedro, que corre risco de desabamento, transbordou e alagou diversas casas da localidade. Apesar do abandono, a fonte é classificada como sítio histórico, conforme informa o site da Fundação Gregório de Matos.

Jogo de empurra

Apesar de alguns moradores creditarem a causa do problema também às obras de revitalização da Concha Acústica, prevista para ser concluída no primeiro semestre, que direcionam as águas de um minadouro para a rua, funcionários da Axxo Construtora isentam o empreendimento de culpa pela degradação da Fonte de São Pedro.

Segundo eles, técnicos da Embasa estiveram na rua e constataram que o vazamento na via vem de uma tubulação danificada da empresa. No entanto, ao ser procurada pelo Bocão News, a Embasa informou através de nota “que uma equipe técnica foi à ladeira da Fonte (na tarde de terça, 5) e constatou que a rede distribuidora de água que atende o local está funcionando normalmente e não há vazamento nesta área”.

Diante do jogo de empurra, Roberto ainda crítica o que ele considera passividade da prefeitura. “Ficamos aqui observando inaugurações na orla e outros pontos da cidade, mas aqui no Centro somos ignorados”, frisou.

Publicada no dia 6 de janeiro de 2016, às 12h42

Classificação Indicativa: Livre