Cidades

Prefeitura disponibiliza 1.600 veículos alternativos durante a greve dos rodoviários

Gilberto Júnior / BNews

Publicado em 22/05/2018, às 17h04    Gilberto Júnior / BNews    Juliana Nobre

O prefeito ACM Neto divulgou um plano de contingência para o transporte coletivo após decretação da greve dos rodoviários a partir da 0h desta quarta-feira (23). 

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (22), o prefeito afirmou que mantém diálogo com os empresários e os rodoviários mesmo após a decretação da paralisação. 

“Desde a semana passada acompanho de perto a negociação. O plano traçado é para atenuar os efeitos da paralisação, mas infelizmente não tem como afastar grandes prejuízos para a cidade”.

O prefeito ressaltou que a Secretaria de Mobilidade Urbana vai acompanhar a determinação da Justiça em ter 50% da frota nas ruas nos horários de maior demanda, ou seja, das 5h às 8h e das 17h às 20h. 

Dentro do plano de contingência, a prefeitura destinou 800 micro-ônibus, com 35 roteiros definidos, e mais 800 vans de transportes escolar e de turismo sem roteiro definido. 

As cooperativas de transporte também estarão aptas para operar na cidade.

O prefeito destacou que a quantidade de veículos rodando na cidade não suprirá a demanda, mas se o Sindicato dos Rodoviários cumprir com a frota em 50% e mais os veículos autorizados a partir de hoje podem garantir melhores condições aos usuários.

Veja o plano:

Serão 35 roteiros especiais atendendo aos principais corredores de transporte, com a utilização de micro-ônibus do transporte complementar e alternativo, além de vans cooperativadas. 


Classificação Indicativa: Livre