Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: retrospectiva 2018

[Na Sombra do Poder: retrospectiva 2018]
27 de Dezembro de 2018 às 00:00 Por: Editoria de política0comentários

Os bastidores trazidos pelo BNews na coluna Na Sombra do Poder movimentaram as rodas de conversa na Bahia ao longo de 2018. Para fechar o ano, apresentamos uma retrospectiva com as notas que mais repercutiram no cenário nos quatro cantos da terra de todos os santos.

JANEIRO

Bonfim de selfies

Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM), até então dois virtuais adversários nas eleições de outubro, começaram a medir forças na véspera da Lavagem do Bonfim com assinaturas de ordem de serviço para melhorias na Basílica da Colina Sagrada. No cortejo, era um disputando contra o outro para ver quem tirava mais selfies com populares. Aliás, selfie se tornou o termômetro político dos políticos.

O gênio da lâmpada

Um antigo lobista enraizado nas entranhas do governo do estado, da prefeitura de Salvador e Região Metropolitana, reapareceu no verão de 2018 em Praia do Forte e Guarajuba. Considerado como gênio da lâmpada por suas ideias mirabolantes e por viabilizar contratos para empreiteiros, empresas de serviços, escritórios de advocacia e escritórios de contabilidade, o tal gênio foi visto no Litoral Norte do estado atuando em restaurantes e almoços na casa de alguns figurões da capital baiana. A pergunta é: qual será a próxima grande jogada do gênio da lâmpada? Será na iluminação, será em obras municipais ou será em hospitais do governo?

Caindo de paraquedas

O diretor da TV AL-BA caiu de paraquedas na função. Não é do ramo, não tem bom trânsito e é sustentado no cargo exclusivamente pela relação que tem com o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (MDB). O resultado não poderia ser outro: a emissora vai de mal a pior. Vale ressaltar que o loteamento por lá é grande e os deputados da bancada de oposição se esbaldam. O orçamento, em contraponto, é alto e injustificável para o que é produzido. O Facebook do chefe Legislativo é melhor.

FEVEREIRO

Quem se lembra dos meninos “maluquinhos”?

A turma atuou durante um tempo nas licitações de livros e outras cositas más na RMS. Pois bem! Não é de hoje que o MP está de olho nos garotos (ou quase garotos) e fontes do BNews asseguram que o cerco fechou. O relatório final, dizem alguns, é digno de um best-seller.

MARÇO

Nilo manda Imbassahy nas cordas

Marcelo Nilo, em uma das suas entrevistas ácidas, falou dos desafetos. Ou de quase todos. Disse que levará consigo até o túmulo a mágoa por ser traído na véspera da eleição que sacramentaria sua reeleição na presidência da AL-BA por alguns “amigos”. Nilo não economizou no tom: disse que tem nojo de Imbassahy, que não apoiaria nem João Leão e nem Coronel no Senado e muito menos Jutahy, porque este não lhe apoiou na possível recondução à presidência da AL-BA. No novo round entre o deputado de Antas e o tucano, Imbassahy foi parar nas cordas do ringue.

ABRIL

Tem peixe na linha

O governador Rui Costa (PT) já está devidamente avisado sobre as pernadas de um peixe que vem nadando de braçada na Prodeb. O cara, ou melhor, o peixe bate com as duas pernas de uma ponta a outra. Fontes do BNews dão conta de que a atuação vai de licitação de caneta até a software caríssimo. Como se diz por aí, peixe é pego pela boca…

MAIO

Bruno, o rebelde com causa

Aliado pessoal e político do prefeito ACM Neto (DEM), o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) absorveu o “golpe” ao assistir, passivamente, a desistência do líder em disputar o governo estadual. Não será prefeito. Pessoas próximas a Reis começaram a soprar no ouvido dele que é melhor iniciar uma mudança de comportamento, pois no futuro próximo - 2020 para ser preciso - a possibilidade de não disputar a eleição como candidato de Neto também existe. Seria um segundo “golpe”. Pedem para que Reis se movimente e não deixe acontecer.

JUNHO

Chora, meu cavaco

Em uma bela tarde de domingo, entre o futebol e uma cerveja gelada, o secretário municipal de Saúde, Luiz Galvão, arranha no cavaco em um bairro popular de Salvador. O povo chora nas UPAS, nos braços do neo-secretário chora o cavaco. A repercussão não foi das melhores para o jovem secretário.

Logística dos deuses

Não é novidade que o contrato para armazenar os medicamentos da Secretaria de Saúde do município de Salvador é motivo de disputa pesada entre empresas do setor de armazenamento. Na primeira quinzena de junho, em um restaurante da Marina, dois gigantes do setor almoçavam e tricotavam sobre o assunto. O prefeito ACM Neto teve que acalmar os ânimos da turma da logística soteropolitana. É fato que na mesa estava a preparação de denúncia ao MP sobre o vultoso contrato “apenas" para estocar medicamentos. Haja galpão para tanto remédio... enquanto isso, nas UPAS, o povo não vê nem um Tylenol.

JULHO

Quem tem medo do ‘Dr. Bumbum’?

Uma famosa executiva da política baiana andava às voltas com a denúncia da morte da paciente do médico Denis Furtado, o conhecido Dr. Bumbum, no Rio de Janeiro. A jovem não se consultou com a webcelebridade, mas frequentava um famoso ‘ortomolecular’ soteropolitano que vive a aplicar-lhe doses cavalares de hormônios e mais algumas ‘cositas’. Amigos da moça andaram muito preocupados com a transformação que o corpo da executiva sofreu.

O prédio do terror

Depois do ex-ministro Geddel Vieira Lima ter se tornado réu por pressionar o também ex-ministro Marcelo Calero, o prédio La Vue, na Ladeira da Barra, área nobre da capital baiana, se tornou um logradouro mal assombrado. Quem passa pelo local se benze em busca de proteção. Sem a menor previsão de término da construção, o espigão do terror tira o sono de um empresário ex-sócio de Geddel. Dizem as más línguas que o prédio pode assombrar muita gente ainda.

AGOSTO

"O nome dela é Valdemar"

A Sombra do Poder vive no rastro daqueles que habitam, de fato, nas sombras do poder. Nos foi revelado que um antigo político era visto constantemente incomodando os meninos... Ops... As meninas, na Avenida Manoel Dias, na Pituba, sempre após às 23h. O importado do outrora cacique baiano foi flagrado por alguns vizinhos da rua onde fica a Perini. Por lá, o xerife ficava cortejando a turma que trabalha informalmente na madrugada em troca de alguns "favores". Certa feita, um vizinho incomodado com o político e sua farra com as meninas ameaçou filmar e divulgar a vida do ilustre. O cidadão arrastou seu potente veículo e nunca mais retornou. A coluna está de olho e logo poderá ter acesso a fotos feitas pelo vizinho detetive.

O homem do Ferragamo assombra...

Velho conhecido nos restaurantes e shoppings da cidade de Salvador, um pseudo playboy da sociedade baiana famoso por levantar recursos para campanhas de figurões da política voltou a assombrar. Com a mesma vestimenta de outrora, camisas Ricardo Almeida, sapato italiano da marca Salvatore Ferragamo e calça pescando siri, ele desfilava no seu importado pela cidade prometendo aos quatro cantos que iria eleger fulano e beltrano. Ninguém sabia ao certo sua principal atividade, mas para os mais próximos, ele se identificava como empresário do ramo de petroquímica. Entretanto, todos sabiam que a atividade dele é outra...

A farra das quentinhas

A farra das quentinhas e das marmitas nos presídios do estado da Bahia não cessou. Dizem que o padrinho das duas empresas que estão em contratos não mais emergenciais é gente graúda na gestão estadual. O Ministério Público e Polícia Federal direcionaram a lupa para o assunto. Os contratos vultuosos tinham números extradordinários. Os empresários do ramo de alimentação para presídios nadaram de braçadas, já que licitação há muito tempo não existe, que dirá contrato emergencial. Alô, Nestorzinho!

Vereador Don Juan e sua cantora

Um vereador com pinta de Don Juan passou a circular em alguns restaurantes da cidade ao lado de uma bela cantora da nossa Axé Music. O casal já foi visto em algumas baladas soteropolitanas, mas para a turma da fofoca, eles negam o affair. A Sombra do Poder confirmou o romance dos dois pombinhos. Há quem diga que a moça é rápida e ágil no quesito “rotatividade”. Vá devagar, Don Juan! Cuidado para não bater a cabeça...

SETEMBRO

Playboy em apuros

Um famoso playboy da cidade, acostumado a promover festas regadas a champanhe e gin, sempre na companhia de belas mulheres, esteve em sérios apuros. Fontes do BNews deram como certa uma investigação em torno de seu nome. O motivo seria cartão clonado. Há um ano, ele vem sendo monitorado pela inteligência da polícia baiana e finalmente o cerco se fechou. Miami, Ibiza, Mykonos, foram alguns badalados balneários onde o playboy fez estrago e derramou alguns milhares de dólares. Em uma destas viagens, chegou a levar até uma famosa loira das terras soteropolitanas, alugando lancha de 50 pés e regando tudo a muito Clericot. Parece que agora ele vai ter que se explicar na Piedade.

Uma família no asfalto

Esta coluna revelou que pai e filho abrigados em uma secretaria da prefeitura de Salvador se lambuzaram em asfalto. Pessoas mais próximas ao prefeito garantiam que o jovem chefe do Executivo municipal já estava de olho na dupla. Pirão pouco, meu betume primeiro. É a máxima que a dupla usava nos processos da secretaria.

O galanteador

Tem um secretário do município de Salvador que ficou conhecido nos bastidores por andar seguindo diversas jornalistas no Instagram. O papo galanteador era sempre o mesmo à espera de uma resposta positiva nos directs da vida. Mas nada esteve fácil para o integrante do alto escalão do Palácio Thomé de Souza.

OUTUBRO

Bruno x Bruno

Titular da Secretaria de Educação de Salvador, Bruno Barral estaria travando uma guerra contra Bruno Reis, vice-prefeito da capital, coordenador de programas sociais e nome cotado para disputar a prefeitura em 2020 na sucessão de ACM Neto (DEM). O que se comentava era que o secretário tentava barrar processos relacionados a Reis. Tudo era motivo de pedido de conferência, protocolos e assinaturas conjuntas no gabinete. Resta saber qual lado da corda é o mais fraco com tendência a partir.

Vem aí o supersecretário

Passadas as eleições nas terras de todos os santos, começaram os jogos do poder. O que se comenta é que no governo Rui Costa aparecerá um supersecretário, que comandará uma mega pasta. Tal estrutura seria o resultado da junção de uma empresa pública com uma secretaria considerada estratégica para o estado.

NOVEMBRO

Novos menudos

Tem turma nova de menudos com ar de “donos do pedaço” de olho no verão baiano. Informações chegadas a esta coluna dão conta que tem um médico especializado na área de vascularização se tornando ‘promoter VIP’. O jovem estaria assumindo a função antes exercida por um blogueiro, que criou asas e está em voo solo pelas baladas baianas. Como manda o regulamento, o novo menudo só anda de preto ao lado do cacique da city.

Geraldo Júnior, o ceifador

Fontes do BNews dão conta que uma rápida passada de lupa feita pelo presidente eleito Geraldo Júnior (SD) na folha de pessoal e em alguns contratos de fornecedores da Câmara Municipal o deixou de cabelo em pé. Segundo informações dos bastidores, o mais novo cacique da Casa do povo vai passar o rodo nos chamados cabides de emprego e em alguns “inflados” contratos que vão de insumos de limpeza a administração de sistemas.Tem muita gente graúda na estrutura de pessoal da CMS, até filhas e filhos de prefeitos importantes vizinhos a Salvador. A conversa é que o rodo vai passar.

Sopa de letras no Detran-BA

Considerado o patinho feio da gestão do governador Rui Costa, o Departamento de Trânsito do Estado da Bahia (Detran-BA), órgão combalido, tem em sua essência uma sopa de letras e número do tipo ABCDNCKB23568CSOLETYE. Essa sopa forma um caldeirão na cabeça do governador. O BNews apurou que o chefe do Palácio de Ondina já não aguenta mais e está prestes a mudar o grupo político que lidera o departamento há alguns anos.

DEZEMBRO

O sheik I

Um famoso empreiteiro “árabe baiano” arrematou uma luxuosa embarcação das águas da Bahia. O mimo foi comprado pelos míseros R$ 6 milhões. Corre à boca miúda que vão ser necessários mais R$ 3 milhões para reformá-la e alguns milhões de impostos federais. Resta saber até onde vai o fôlego do “sheik” baiano...Ali Baba!

O sheik II

Um famoso lobista “habitué” do Balneário de Praia do Forte tem sido visto constantemente na ponte aérea Salvador-Brasília. De acordo com fontes do BNews, o sheik da Praia do Forte anda preocupado com as últimas operações da Polícia Federal que estão ocorrendo no país com envolvimento de políticos baianos. Será que o sheik ainda continuará fumando seus charutos cubanos e tomando seus vinhos raros ao entardecer na Praia do Forte? Vamos aguardar.

Deu susto

O Malassombrado deu um susto, literalmente, em muita gente. O vereador de Salvador desapareceu e só foi encontrado 48 horas depois. A história é confusa e nada foi esclarecido. Oficialmente ninguém fala o motivo da possível renúncia ao cargo, mas a “Rádio Corredor” da Câmara é a mais atualizada da cidade. Para uns, problemas financeiros do edil o afetaram, outros atribuem àquela velha história dos cheques sem fundo.

Fim de festa

O fim do ano foi melancólico para o comando do Detran baiano. O comentário geral é de que o último a sair deve apagar a luz. Uma tempestade de denúncias pairou sobre o órgão comandado politicamente pelo Podemos e a implantação da placa do Mercosul virou uma lenda.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas