Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: a mandatária oculta

[Na Sombra do Poder: a mandatária oculta]
14 de Fevereiro de 2019 às 00:00 Por: Editoria de Política0comentários

A mandatária oculta

As contratações de atrações artísticas estão em alta nos bastidores da prefeitura de Santo Antônio de Jesus. Mas, calma. Não são para o Carnaval, folia que vem logo ali. As tratativas versam sobre os festejos juninos na cidade. O BNews soube que quem está dando as cartas no assunto é a irmã do prefeito. As conversas com os interessados nos contratos só ocorrem sob sigilo para que o caso não tome proporções maiores antes do tempo. 

Jantar indigesto

Não convide para a mesma mesa de jantar os deputados federais Mário Negromonte Júnior e Ronaldo Carletto, ambos do PP. A pendenga entre os dois passa única e exclusivamente pelo comando do Detran. A galinha dos ovos de ouro do segundo escalão do governo Rui Costa. De um lado, Carletto quer indicar major Blanco, mas Mário Júnior não se dá muito bem com o moço há um tempo. Resultado: a coisa está feia no ninho progressista pelas bandas de Brasília, onde a dupla anda com frequência. Eles não se falam, nem se bicam. O jeito é chamar o Bonitão para acalmar os ânimos.

Presente dos deuses

O empresário que queria fazer 12 torres no Cidade Jardim e acabou barrado na mobilização feita por moradores do bairro e pelo vereador Geraldo Júnior tem se deliciado com um contrato que recebeu de lambuja com cifras que chegam quase a R$ 12 milhões pela Secretaria de Educação do jovem Bruno Barral. O presente caiu no colo em um momento de lamúria do 'pobre' empresário. Coincidências da vida...

Tropa nutrida

Por falar em contratação para festas, um contrato feito pela Polícia Militar da Bahia com uma fornecedora de kit lanche para a tropa no carnaval chamou a atenção pelas cifras envolvidas: R$ 2,2 milhões. A empresa vencedora do certame foi a Comercial de Alimentos Banamin. 

Temor

Chegou a esta coluna a informação que Rui Costa decidiu por trocar o comando da Agerba por pura precaução. Eduardo Pessoa é primo de primeiro grau do empresário e ex-presidente da UTC, Ricardo Pessoa, investigado pela Polícia Federal na operação Lava Jato. Fala-se que através do empreiteiro, o governo também teria fechado alguns negócios, a exemplo da concessão do aeroporto de Feira de Santana, desfeita depois do escândalo da Lava Jato. A tese é que Rui não quis correr risco nesta nova gestão. 

Em família

A saída de Pessoa da Agerba deixou vaga uma cadeira cobiçada. Quem quer, porque quer, emplacar o sucessor é o senador Angelo Coronel com o aval do seu partido, o PSD. Até aqui, que se comenta é que se não for o irmão Carlos Eduardo Martins, o nome que vem em seguida é do filho e deputado estadual Diego Coronel.

Goela abaixo

O PP, do vice-governador João Leão, insiste em emplacar o ex-deputado estadual Luiz Augusto no governo Rui Costa. Comenta-se que o governador não gostou nem um pouco da comparação do critério usado nas escolhas dos titulares do PT por líderes pepistas na imprensa e que a emenda pode ter sido pior que o soneto. Para piorar, já se fala que nem no segundo escalão o rapaz pode ter espaço. Já estavam cogitando até o comando do Detran.

Lua de mel I

Quem observa os últimos movimentos do presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (SD), tem uma certeza: o rapaz vai brigar pela prefeitura de Salvador, a questão é saber de que lado na política. Embora tenha se firmado ultimamente no grupo de ACM Neto (DEM), o entrosamento com quadros do governo Rui Costa (PT) só vem crescendo. A novela promete muitos capítulos pela frente.

Lua de mel II

A lua de mel entre o prefeito ACM Neto (DEM) e o MDB pode render bons frutos. Circula nos bastidores que o ex-secretário de Infraestrutura Almir Melo pode retornar para a administração nas mudanças que ocorrerão no segundo escalão da gestão soteropolitana. Marcus Passos, ex-Semop, por exemplo, já está garantido na cota do PSDB.

Empreendedorismo

Uns choram, outros vendem lenços. Tem uma turma faturando com venda de camisetas e adereços que estampam mensagens de protesto contra a prisão do ex-presidente Lula e que ainda murmuram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Na resenha interna, durante a comemoração dos 39 anos do PT, eles são conhecidos como empreendedores do golpe.

Beira-Mar

O retorno dos trabalhos na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) teve coro de deputados pedindo mais rigor na concessão de títulos e honrarias pela Casa. Em dado momento da discussão, o deputado Adolfo Menezes (PSD) lançou a pérola que muitos viram como possível de ocorrer: se alguém propor uma honraria ao traficante Fernandinho Beira-Mar colocando o nome completo do homenageado, será aprovada sem maiores dificuldades. A crítica é que o Parlamento tem aprovado concessões indiscriminadamente.

Negócio da China

Nas terras do cacau, onde o prefeito Marão (PSD) vive um inferno astral politicamente, um fato gerou burburinho. Está sendo chamado de ‘Negócio da China’. O motivo é simples: a prefeitura firmou contrato para adquirir equipamentos odontológicos com a empresa China Comércio, Representações e Serviços em Equipamentos Médicos, Odontológicos e Hospitalares. A fatura é de R$ 16,7 mil.

A lista de Ubaldino

Ainda sobre o sul baiano, o agora ex-deputado Carlos Ubaldino, que responde a uma ação penal no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, elencou uma turma de ex-assessores como testemunhas no âmbito da Águia de Haia. No entanto, há um ponto que chama a atenção. Ele listou duas pessoas que são acusadas de integrarem o mesmo esquema de fraude em licitações.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas