Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: Amada amante

[Na Sombra do Poder: Amada amante]
Por: Reprodução/ Redes sociais Por: Editoria de Política 0comentários

Amada amante 
Um jovem secretário soteropolitano tem sido visto ultimamente com sua assessora para baixo e para cima em locais não muito republicanos. As fontes da coluna garantem que o jovem gestor estaria largando a família pela bela moça. A beldade até viagem já está marcando com o amante para a terra da garoa. Lá os pombinhos já não escondem a louca paixão.

A corrida cancelada de Lorena

Não chame para a mesma mesa o prefeito ACM Neto e a vereadora Lorena Brandão. A edil pintou o sete na última sessão com os aplicativos e passou de todos os limites com suas canetadas e pirotecnias. Fontes da coluna afirmam que ela tentou jogar para a galera e não desagradar a turma dos aplicativos. Com isso, acabou causando um estrago horrível para o prefeito, para os colegas da Câmara e para os taxistas também. Agora é esperar as cenas dos próximos capítulos e saber se ela se segura no Thomé de Souza ou se será jogada para fora do barco.

Corredor do Pânico 

A Operação da PF deixou alguns moradores “enrolados” do tradicional Corredor da Vitória em pânico. Alguns medalhões da política, empresários de transporte, empreiteiros, empresários de educação e da “pseudo-sociedade” ficaram assustados com a chegada da caminhonete preta e começaram a descer pelas escadas dos prédios luxuosos em direção ao píer que liga ao mar. Todos preocupados com a blitz dos homens de preto em seus apartamentos. Fontes da NSP garantem que, em alguns prédios, os fanfarrões só subiram depois das 10 horas da manhã. Que papelão!

Corredor do Pânico 2
Inclusive, nesse embalo, chamou a atenção um alto moreno recém- separado que desceu pro píer para se esconder. Os vizinhos ficaram de olho. Será que ele ia fazer a travessia?

Levantou poeira 
Há quem diga que a Polícia Federal não fez estardalhaço às seis da manhã no prédio Morada dos Cardeais, durante a 63ª fase da Operação Lava Jato, para não acordar as gêmeas de Ivete. Vale destacar que a operação deflagrada NÃO TEVE NADA A VER com a cantora, e sim com ex-chefões da Odebrecht e da Braskem, mas o Morada dos Cardeais, em Salvador, é apelidado de “O prédio de Ivete”. Inclusive, todas pessoas que passavam pela frente do condomínio e viam o aglomerado de jornalistas indagavam se tinha acontecido algo com a cantora de axé ou se ela desceria para falar com a imprensa.

#tbt que aperta o coração

Na onda do #tbt, esta coluna encontrou o registro a seguir. É uma daquelas imagens que faz o prefeito ACM Neto suspirar de saudade do tempo em que encontrava seu ex-secretário Guilherme Bellintani quase todo santo dia. Eita que o coração aperta! 

Inimigos à parte
Na política, há casos e casos de inimizade, mas o ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Rodrigo Hita (PSB), e o vereador Duda Sanches (DEM) provam que, quando se quer debater com boas ideias, vale a pena a convergência independente dos polos políticos. Ambos estão encabeçando um projeto de um programa na internet para debater assuntos pertinentes à sociedade. Hita ensaia uma candidatura a vereador pela banda da esquerda e Sanches sua reeleição pela banda da direita. Um é da base de Rui. Outro é da base de Neto. Muita gente está curiosa para ver como será o desenrolar dessa troca de ideias. 

Assembleia raiz

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) ressurgiu. Fazia tempo que não se via uma sessão como a da última terça-feira (20). Foi uma sessão raiz, com direito a obstrução pesada da oposição (de quase sete horas), pedido de CPI, farpas e provocações da melhor qualidade. E um detalhe importante: quórum de 45 deputados na votação que aprovou as contas de 2015 do governador Rui Costa. Foram 37 a favor e 8 contra.

Perspectivas
Quando encerrou a votação, Targino, líder da oposição, soltou essa: só tem seis deputados de oposição no plenário, isso quer dizer que dois governistas reprovaram as contas do governador.

Rosemberg Pinto, líder da maioria, inverteu a lógica: não, tem 10 da oposição! Dois deles votaram com o governo hoje.

A “guerra” de perspectivas terminou com sonoras gargalhadas.

Porrada ou recado?
A votação das contas de Rui só saiu porque os líderes costuraram um acordo para destravar a pauta, com a condição de inserir três matérias de parlamentares da oposição. Depois de tudo votado e aprovado, Euclides Fernandes saiu aos berros contra a condução de Rosemberg Pinto, líder da maioria, por não ter emplacado também projetos de colegas governistas na negociação. Depois do momento de fúria, Fernandes foi advertido que era dele uma das proposições que atravancavam a pauta e que a matéria só foi apreciada naquele dia a partir do movimento feito por Rosemberg. Foi uma porrada gratuita ou estava passando o recado de alguém?

Memória fresca
Teve uma turma que não segurou o riso ao ouvir o deputado Paulo Câmara bradar que a Assembleia “está a reboque do governador Rui Costa”. O povo da memória fresca lembrou rapidamente que a Câmara de Salvador também ficou a reboque do prefeito ACM Neto quando o tucano era presidente.  

O olhar 
A zoeira nunca acaba na internet. A visita do governador Rui Costa à Câmara de Salvador ainda rende compartilhamentos das redes. Essa semana, chegou para a coluna o seguinte meme de Geraldo Júnior em relação ao líder do Palácio de Ondina. Sente só:

Cabeça longe

A sessão rolando na Câmara e Geraldo Jr. com a cabeça lá longe. Pensando no quê, só Deus sabe! Se ele mesmo diz que o futuro da cidade passa pela Casa, basta definir agora por onde o futuro dele passará. 

Em cima do muro
A oposição da Câmara Municipal de Salvador está pianinho com a regulamentação dos aplicativos, como Uber e 99pop. A pauta é polêmica e também interessa aos taxistas. Ninguém se posiciona enfaticamente sobre o projeto. O medo de se queimar com um dos lados é grande. 

Silêncio ensurdecedor
A reunião a portas fechadas das comissões de Orçamento, Finanças e Transporte na última terça-feira (20) surpreendeu a imprensa. O BNews até solicitou ao presidente da mesa, Joceval Rodrigues (Cidadania), o acesso dos jornalistas ao local. O edil submeteu o tema à votação, mas os vereadores ficaram em silêncio. Um silêncio ensurdecedor.

Os nomes
Participaram da reunião e concordaram com o veto para a imprensa os vereadores Kiki Bispo (PTB), Marta Rodrigues (PT), Toinho Carolino (Podemos), Alexandre Aleluia (DEM), Sidninho (Podemos), Cezar Leite (PSDB), Isnard Araújo (PHS), Pedro Godinho (MDB), Ricardo Almeida (PSC), Sabá (PV) e Lorena Brandão (PSC).

Fazendo uma boquinha

Depois da reunião misteriosa, os jornalistas voltaram para continuar a apuração e lá estava o vereador Hélio Ferreira nos fundos da sala, apegado a uma marmita como quem agarra um troféu. As lentes do BNews registraram a sequência das garfadas.

Com bíceps 

Se com esses músculos à mostra o secretário de Ordem Pública, Felipe Lucas, quer demonstrar força para a sua atuação em uma pasta tão problemática quanto a sua, nas redes sociais ele está fazendo sucesso. Na próxima, a gente pede a um emissário uma fita métrica para medir os seus bíceps. 

Maromba
Quem também é fã de uma maromba, quer dizer, de um crossfit é o chefe de gabinete da prefeitura de Salvador, Kaio Moraes. Acorda cedo para marombar e aguentar o pique do cargo. Inclusive ele tem postado até uns vídeos na rede social com pinta de candidato. A coluna tá de olho...

Fekis niu
Os leitores da Coluna Na Sombra do Poder não perdoam e a mira nos políticos de Feira de Santana é certeira. Dessa vez, recebemos um vídeo de um vereador feirense indignado, vestido com a bandeira do Brasil, reclamando de FEKIS NIU. Veja só:
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas