Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: Caja Tour

[Na Sombra do Poder: Caja Tour]
Por: Divulgação/ Reprodução/ Redes sociais/ Arquivo Por: Editoria de Política 0comentários

Caja Tour
O deputado federal Cláudio Cajado foi um dos que mais viajou ao exterior em 2019 às custas do contribuinte. O camaleônico legislador federal voou pelo mundo conhecendo as delícias e os prazeres do Ocidente e a cultura e gastronomia oriental sob alegação de estar levantando para o país excelentes relações exteriores e conhecimento de “causa”. O engraçado é que ele possui um possante jato particular e costuma usá-lo para passear pelo Caribe mexicano e América Central em algumas de suas incontáveis férias. Após quatro mandatos no Executivo da cidade de Dias D'Ávila - dois deles sob a gestão de sua esposa Andrea Cajado -, o deputado parece que vai tentar retomar o trono da prefeitura, buscando eleger mais uma vez a sua mulher. Parece que os voos dele serão menos suntuosos dessa vez...o povo agradece.

Demorou, mas chegou
O sinal verde que se acendeu pra Bruno Reis nos primeiros dias de 2020 era esperado desde 2018, diante da agitação pela possibilidade de ACM Neto deixar a prefeitura para concorrer ao Governo do Estado. Na época não rolou, mas hoje, Reis se precaveu e fez todas as arrumações possíveis para que ninguém lhe tome a vez de ocupar a cadeira mais poderosa do Palácio Thomé de Souza. 

#tbt: coração impedido

O #tbt de hoje resgata a frase de Neto que freou a ambição de Bruno dois anos atrás: "Meu coração me impede de deixar a prefeitura". Fato é que a posição do prefeito passou longe das questões emocionais. 

Azul é a cor mais quente?

A paleta de cores do DEM acabou traindo o próprio presidente nacional do partido, o prefeito ACM Neto, durante o evento que selou o passe de Reis. A emoção foi tanta durante o discurso que o ambiente climatizado não foi suficiente para conter o suor de Netinho, que começou com a indiscreta “pizza” debaixo dos braços e, ao final do evento, parecia mesmo ter vestido outra camisa de tão molhada que estava.

Festival de perus

A sauna do Hotel Fiesta abrigou uma concentração recorde de perus por metro quadrado. O que se viu foi um bando de puxa-saco tentando um olhar do mais novo pré-candidato da praça. Gente que nunca falou com o vice-prefeito na vida estava lá apenas pela esperança de ter um lugar ao céu com uma possível vitória nas urnas em outubro. Teve gente até empurrando colega para chegar mais perto do homem. A pergunta é: será que Bruno dará chance a esses? 

Falta memória ou vergonha?
No rol dessa turma, pode-se listar uma promoter de uma família de políticos. Ela fez pompas e jogou confetes sobre Bruno durante o lançamento da jornada eleitoral nas redes sociais. Será que ela esqueceu que foi esse mesmo grupo que detonou o titio dela? Falta memória ou vergonha na cara?

Em tempo: desde o anúncio, Bruno Reis aumentou, significativamente, o número de postagens no Instagram, por exemplo. Ele tinha feito nove postagens em uma semana, contando até o dia do evento. De terça pra quarta, foram oito posts. Nove em sete dias e oito em menos de dois.

Menudos em guerra

Com a escolha por Bruno Reis, o reino dos Menudos virou um pé de guerra. Um bate-boca dos feios entre dois integrantes do alto escalão da menudagem foi flagrado pela NSP. Os dois jovens discutiam quem iria desfilar ao lado do candidato durante a Lavagem do Bonfim. Detalhe que ambos tentam viabilizar candidatura de vereador apoiada pelo prefeito e seu fiel escudeiro. Como de costume, o fight se deu com ambos trajados com camisa preta lisa, calça skinny com bainha no tornozelo e um mocassim sem meia.

PL em águas municipais 
A briga está boa entre os dois presidentes do PL, municipal e estadual. Um já declarou apoio “até debaixo d’água” a Bruno Reis, pré-candidato de ACM Neto. O outro, ao menos publicamente, diz que está com Rui Costa. Fato é: o deputado federal Abílio Santana e o presidente estadual da sigla, José Carlos Araújo, jogam o jogo da política. Abílio já disse que tenta convencer Araújo e marcou presença no lançamento da candidatura de Bruno Reis. Mas fontes desta coluna asseguram que Carlos Araújo já está com o pé e a mão na base de Neto. Antes, porém, para colocar o corpo todo e anunciar publicamente, vai se reunir com Bruno Reis. Veremos os próximos capítulos desta novela.

Santíssima trindade

Tríade, trinômio, trindade, trímero, triângulo, trio, trinca, três, terno, triplo, tríplice, tripé, tribo. Foi assim o resumo do discurso do presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Geraldo Júnior, no lançamento da pré-candidatura de Bruno, no Hotel Fiesta, na última segunda-feira (6). Ele fez questão de dizer que a relação entre ele, Bruno e Neto era toda pautada em anos de amizade e sem nenhum interesse político-partidário. Foi uma sequência de elogios e rasgação de seda, à la a música dos Tribalistas, que consagrou Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes como um dos trios mais disputados do cenário musical do país.

"Bonitão" decepcionado

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), foi à posse da mesa diretora do TCE-BA para o biênio 2020/2021 carregado do sentimento de decepção. A situação, porém, nada tinha a ver com o evento. É que o "bonitão" encontrou com o presidente da Câmara Municipal, Geraldo Júnior (SD), e aproveitou a oportunidade para desabafar. "Eu tô muito decepcionado com você, muito decepcionado", repetiu, sem dar muita importância aos afagos de Geraldo. O presidente da Câmara, que abandonou a pré-candidatura para apoiar o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) na corrida eleitoral deste ano, chegou a se reunir com o vice-governador e foi cotado para representar a base do Governo Rui Costa nas eleições de Salvador.

O bloco do Leo
Leo Prates ainda não sabe em qual bloco vai para a Lavagem do Bonfim. Ainda sem partido, desde que pediu desfiliação ao DEM, o secretário de Saúde de ACM Neto disse que pode ir no “Bloco do Leo”. “Estou sem partido, então ainda preciso avaliar como irei, mas vou no bloco do Leo”. Seu nome está transitando nos dois polos. Na última semana, até o governador Rui Costa teria se interessado em alçar Prates como o candidato do grupo de oposição a Bruno Reis. A conferir. 

Sentiu o baque
Falando em Rui, a tendência é que ele não participe do cortejo, assim como o senador Jaques Wagner – ambos sob alegações clínicas. Além deles, o ex-presidente Lula já confirmou que não virá. Será esse o efeito da recusa de Bellintani? Parece que a esquerda sentiu o baque e não se vê no horizonte uma demonstração de reação a uma semana da principal festa religiosa/política da Bahia. Vão deixar Bruno caminhar soberano? 

Diferenças entre reis

No deserto de nomes, o Partido dos Trabalhadores decidiu colocar a titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia (Sepromi), Fabya Reis, como pré-candidata à prefeitura de Salvador. O anúncio aconteceu também na segunda (6) - data cristã do Dia de Reis -, horas depois do ato com o xará, com dimensões estruturais bem tímidas. A comparação é inevitável. 

Para além de Salvador
Enquanto todos os olhares estão sobre a definição de Bruno Reis para a sucessão em Salvador, ACM Neto corre nos bastidores para selar o maior número de candidatos do DEM em chapas majoritárias Bahia adentro. Ele já tem Antônio Elinaldo, que vai para reeleição em Camaçari, tenta emplacar Teobaldo em Lauro de Freitas e articula para trazer o prefeito de Simões Filho, Dinha, do MDB para o DEM. Além da RMS, ele dá munição a Júnior Marabá, principal nome da oposição para derrubar o império de 20 anos de Jusmari e Oziel Oliveira em Luís Eduardo Magalhães, no oeste do estado. É o começo das jogadas que já pavimentam o caminho para 2022. 

Planserv Libanês

Os servidores do Estado estão P da vida com Rui Costa. Isso por conta da PEC 158 que mexe na aposentadoria, uma espécie de “minirreforma” da Previdência. Nem o fato de o governador estar hospitalizado fez com que os manifestantes desmarcassem o protesto feito na última segunda, na AL-BA. Falando em internação, circulou reclamação no WhatsApp com o fato de o chefe do Palácio de Ondina ter ido ao Sírio Libanês, hospital renomado em São Paulo, e não ter usado o Planserv, plano de saúde dos servidores tão criticado nos últimos meses. “Planserv para vocês, e para mim Libanês” diz o texto do “zap” seguido por essa imagem. 

Saúde previdenciária em risco
Ainda sobre o protesto, pegou mal a omissão da bancada de oposição na AL-BA em relação à PEC dos servidores. Fora Hilton Coelho, que é “independente”, nenhum parlamentar participou da reunião ou se pronunciou. Esta coluna relembra que houve um acordo entre Rui Costa e ACM Neto para que ninguém prejudicasse ninguém. Ou seja, os deputados da minoria não criariam dificuldades para a PEC do governo na AL-BA e os vereadores contrários a Neto retribuiriam a gentileza na proposta de reforma previdenciária do funcionalismo municipal que o prefeito enviará em breve à Câmara. A questão é: pelo tom de alguns vereadores contra Rui, quem garante que o acordo será cumprido?

Virou depósito
A Câmara Municipal de Salvador precisou remanejar setores para acomodar o secretário de Relações Institucionais, Heber Santana. No entanto, o líder do partido cristão na Bahia pouco usa a sala, que praticamente virou um depósito de bugigangas. 

Tucano sem rumo

Brigou com ACM Neto, tentou o Novo, mas foi reprovado. O partido, que era o plano A, só aceita político sem mandato. Tentou o Aliança, partido de Bolsonaro, mas foi boicotado. Colheu assinaturas, brigou feio com um colega vereador, mas não avançou nas tratativas e nem foi colocado na lista de representantes baianos do partido que o presidente quer pra chamar de seu. O ainda tucano Cezar Leite está sem saber para onde ir. Aceita uma bússola? 

Curiosidade
Um dos nomes mais vorazes da oposição ao prefeito ACM Neto, o vereador Zé Trindade foi visto saindo do Palácio Thomé de Souza no final da tarde desta quarta-feira (8) e despertou muita curiosidade entre os observadores políticos da Praça Municipal. O que ele estaria fazendo na prefeitura, com Neto viajando, em pleno dia de semana e horário comercial? Perguntar não ofende, né?
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas