Coronavírus

Justiça obriga hospital que testou Bolsonaro e comitiva a fornecer lista de infectados

Isac Nóbrega/PR

A decisão é resultado de uma ação movida pelo governo do Distrito Federal

Publicado em 20/03/2020, às 20h35    Isac Nóbrega/PR    Redação BNews

A Justiça Federal no Distrito Federal determinou, nesta sexta-feira (20), ao Hospital das Forças Armadas (HFA) que forneça os nomes de todas as pessoas que foram diagnosticadas com o novo coronavírus. A decisão é resultado de uma ação movida pelo governo do Distrito Federal. 

Segundo o G1, a unidade de saúde foi onde o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e parte de sua comitiva fizeram testes. Após viagem aos Estados Unidos, pelo menos 22 pessoas que tiveram contato com o grupo estão com o vírus. 

Após realizar dois testes, Bolsonaro afirma que deram negativo, mas se recusou a mostrar o exame.

A juíza Raquel Soares Chiarelli, da 4ª Vara Federal Cível do DF, fixou multa de R$ 50 mil "por paciente cuja a informação for sonegada". O diretor do HFA também pode responder nas esferas administrativa e penal.

Classificação Indicativa: Livre