Coronavírus

Vereador bolsonarista faz escândalo em porta de barbearia e ataca prefeito: "Chama esse bode velho aqui"

Leitor BNews

David Salomão é aliado de Jair Bolsonaro em Vitória da Conquista

Publicado em 14/05/2020, às 16h21    Leitor BNews    Henrique Brinco

O vereador David Salomão (PRTB) armou a maior confusão após fiscais aparecerem na porta de uma barbearia, em Vitória da Conquista (BA), na manhã desta quinta-feira (14). Aliado de Jair Bolsonaro na Bahia, o edil gritou com fiscais que queriam interditar o estabelecimento e lembrou o decreto do presidente que classifica como "atividades essenciais" salões de beleza e barbearias.

Leia também: Exclusivo! Câmara de Salvador tem um caso de Covid-19; Geraldo Júnior fez teste

"Isso é abuso de autoridade. Me respeite, rapaz. Você não está acima a lei, não. É lei federal. Quem é você para descumprir a lei federal?", esbravejou. "Chama esse ladrão desse prefeito. Esse corrupto descarado. [...] Chama esse bode velho aqui", completou. Ainda na gravação, Salomão fixa na parede avisos que seriam sobre o decreto de Bolsonaro.

Procurado pelo BNews, o vereador afirma que foi chamado pelos donos da barbearia. "Estou orientando os donos dos estabelecimentos que abram seus respectivos comércios. O prefeito não está acima da Constituição Federal", ressaltou. 

Ele não teme ser processado por Gusmão pelas declarações. "Eu inclusive provo. O vereador é inviolável por suas opiniões, palavras e votos. Estou disposto a sustentar tudo o que falei em juízo".

Também procurado, Gusmão não atendeu as ligações da reportagem para comentar o caso.

Classificação Indicativa: Livre