Justiça

Exclusivo: Saiba nomes e funções de investigados na segunda fase da Operação Inventário

Arquivo/BNews

Estratégia foi deflagrada nesta quinta-feira (16)

Publicado em 16/09/2021, às 08h22    Arquivo/BNews    Redação BNews

 O BNews obteve com exclusividade após apuração o nome de cinco investigados na segunda fase da Operação Inventário, deflagrada nesta quinta-feira (16) um ano após a primeira vez em que se deu as buscas e prisões dos suspeitos. 

Até o momento, há cinco envolvidos: Antônio Jorge Almeida, servidor do Tribunal de Justiça da Bahia na sede de Salvador; Heliana Souza Gonçalves, assessora de juiz da capital; Daniel Campos Carneiro Mehlem, assessor de juiz da capital; Hélio Gustavo Almeida Abud, servidor do TJ-BA e Fábio Almeida, servidor. 

O Ministério Público estadual investiga fraudes em processos judiciais em trâmite no Poder Judiciário baiano, supostamente praticadas por organização criminosa formada por advogados, serventuários e particulares responsáveis por falsificação de documentos.

Nesta Fase, o Gaeco apurou indícios da prática de crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, fraude processual e uso de documento falso. A ‘Operação Inventário’ conta com o apoio operacional da Polícia Civil, por meio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), e da Polícia Federal, por meio da Superintendência Regional na Bahia. A ‘Operação Inventário’ é  fruto de esforço conjunto da Polícia Civil, por meio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), da Polícia Rodoviária Federal, por meio da Superintendência Regional na Bahia e da Polícia Militar, por meia da CIPE - Nordeste.

Leia mais:

Exclusivo: Veja detalhes do inventário fraudulento que levou à prisão de advogados e servidor do TJ-BA

Defesa de advogado alvo da Operação Inventário nega supostas fraudes em processos

Operação Inventário: Defesa de advogado preso vai ao STF pedir domiciliar e ilicitude da prisão

Justiça recebe denúncia do MP-BA contra envolvidos na Operação Inventário

Acompanhe o BNews também nas redes sociais através do Instagram, do Facebook e do Twitter.

Classificação Indicativa: Livre