Economia

Pão de Açúcar demite 18 executivos e mexe na Via Varejo

Em comunicado, o grupo afirma que "o objetivo é simplificar as estruturas e tornar a empresa mais leve

Publicado em 13/03/2013, às 08h29        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

O Pão de Açúcar demitiu 13 executivos do grupo e 5 da Via Varejo, empresa que reúne Casas Bahia, Ponto Frio e Nova Pontocom (vendas on-line), de acordo com informações publicadas pelo Folha, nesta quarta-feira (13). Segundo a publicação, a demissão acontece em um momento de disputa entre os dois maiores acionistas da companhia: Abilio Diniz e o francês Casino, novo controlador. As mudanças foram comandadas por Enéas Pestana, presidente do grupo, e não encontraram resistência dos acionistas. Tiveram como objetivo simplificar a estrutura do Pão de Açúcar e mexer em áreas prioritárias da Via Varejo -financeira e logística.

Em comunicado, o grupo afirma que "o objetivo é simplificar as estruturas e tornar a empresa mais leve, ágil e ainda mais orientada para a satisfação dos clientes e dos colaboradores". As mudanças se restringiram à cúpula e não há previsão de demissões na empresa.
A principal alteração foi a demissão de Claudia Elisa Soares, que dirigia o setor financeiro da Via Varejo. A executiva será substituída por Vitor Fagá, que ocupava o cargo de diretor de relações com investidores e corporativa do Grupo Pão de Açúcar. Ainda na Via Varejo chega Ney Santos -veio da diretoria-executiva de tecnologia da informação do Pão de Açúcar para assumir a vice-presidência de Tecnologia da Informação e de Logística. As alterações no comando da Via Varejo completam a substituição feita no final do ano passado, quando Raphael Klein, neto do fundador das Casas Bahia, deixou a presidência da empresa de eletroeletrônicos e foi substituído por Ramatis Rodrigues.
No Grupo Pão de Açúcar, as mudanças ocorreram mais na área de negócios do varejo alimentar -Pão de Açúcar, Extra, Minimercado Extra. Foram poupadas as diretorias de apoio -como RH e controles, entre outras. Jorge Herzog foi promovido de diretor para vice-presidente de operações e Mara Maehara assume a diretoria de TI no lugar de Ney Santos.


Informações da Folha

Classificação Indicativa: Livre