Coronavírus

Pesquisa estima que 35% de bares e restaurantes não conseguirão reabrir em segunda fase de retomada da economia em Salvador

[Pesquisa estima que 35% de bares e restaurantes não conseguirão reabrir em segunda fase de retomada da economia em Salvador ]
Por: Reprodução/Google Maps Por: Redação BNews 0comentários

Com a segunda fase de retomada da economia, na capital baiana, pelo menos 35% dos seis mil bares e restaurantes não vão reabrir, segundo a Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (FNHRBS), que foi compartilhado com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). 

Para a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Fehba), o número pode ser ainda maior, com 40 a 50% desses estabelecimentos devem permanecer com as portas fechadas permanentemente. 

Entre os motivos para continuarem fechados estão: altas dívidas, falta de crédito, inviabilidade financeira de implantar os protocolos sanitários que são exigidos, falência e receio de tímido retorno do mercado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas