Economia e Mercado

Secretaria de Desenvolvimento Econômica cria projeto para tornar Bahia autossuficiente na produção de açúcar e etanol

[Secretaria de Desenvolvimento Econômica cria projeto para tornar Bahia autossuficiente na produção de açúcar e etanol ]
16 de Maio de 2019 às 14:37 Por: Divulgação/ SDE Por: Redação BNews 0comentários

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) cria projeto de Complexo Sucroalcooleiro para tornar a Bahia autossuficiente na produção de etanol e açúcar. Segundo a SDE, o estado investiu, nos últimos 10 anos, R$ 500 milhões e gerou 6,4 mil empregos.

Ainda conforme os dados da SDE, a produção baiana de álcool representa apenas 0,93% do cenário nacional. São 5 empresas fabricantes de álcool, o correspondente a 2,1% das fábricas existentes no país. Do total de álcool consumido no estado, 80% é utilizado como insumo industrial em três setores principais: produtos químicos (40%), construção civil (18%) e administração pública (8%). A Bahia é o 10º estado na produção de cana-de-açúcar e sete municípios, localizados nas regiões Sul e Extremo Norte do estado, respondem por mais de 95% da produção de cana, com destaque para Juazeiro e Caravelas.

Além disso, a Bahia importa mais de 70% do seu consumo de etanol e açúcar. O estado consumiu 800 mil m³ de etanol em 2018 e produziu apenas 29,1%, de acordo com dados da ANP. Segundo o Sindaçúcar, o consumo do produto é de cerca de 600 mil toneladas, entretanto a produção baiana na safra 2017/2018 foi de 160 mil/toneladas, de acordo com a União da Indústria de Cana-de-açúcar.

A SDE tem atuado na prospecção e atração de investimentos no setor, em especial, na região do Médio São Francisco. A primeira usina, de um total de 11 previstas, está sendo implantada em Muquém do São Francisco. O protocolo de intenções com o grupo Sérgio Paranhos foi assinado, em outubro do ano passado, com investimentos de R$ 107 milhões e possibilidade de gerar 200 empregos diretos. A unidade industrial terá capacidade de produzir 1,9 mil sacas/ano de açúcar, 9,4 mil m³/ano de etanol anidro e 9,4 mil m³/ano de etanol hidratado. Os chineses também demonstraram interesse no negócio e preveem injetar mais de R$ 2 bilhões em usinas sucroalcooleiras.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) cria projeto de Complexo Sucroalcooleiro para tornar a Bahia autossuficiente na produção de etanol e açúcar. Segundo a SDE, o estado investiu, nos últimos 10 anos, R$ 500 milhões e gerou 6,4 mil empregos.

Ainda conforme os dados da SDE, a produção baiana de álcool representa apenas 0,93% do cenário nacional. São 5 empresas fabricantes de álcool, o correspondente a 2,1% das fábricas existentes no país. Do total de álcool consumido no estado, 80% é utilizado como insumo industrial em três setores principais: produtos químicos (40%), construção civil (18%) e administração pública (8%). A Bahia é o 10º estado na produção de cana-de-açúcar e sete municípios, localizados nas regiões Sul e Extremo Norte do estado, respondem por mais de 95% da produção de cana, com destaque para Juazeiro e Caravelas.

Além disso, a Bahia importa mais de 70% do seu consumo de etanol e açúcar. O estado consumiu 800 mil m³ de etanol em 2018 e produziu apenas 29,1%, de acordo com dados da ANP. Segundo o Sindaçúcar, o consumo do produto é de cerca de 600 mil toneladas, entretanto a produção baiana na safra 2017/2018 foi de 160 mil/toneladas, de acordo com a União da Indústria de Cana-de-açúcar.

A SDE tem atuado na prospecção e atração de investimentos no setor, em especial, na região do Médio São Francisco. A primeira usina, de um total de 11 previstas, está sendo implantada em Muquém do São Francisco. O protocolo de intenções com o grupo Sérgio Paranhos foi assinado, em outubro do ano passado, com investimentos de R$ 107 milhões e possibilidade de gerar 200 empregos diretos. A unidade industrial terá capacidade de produzir 1,9 mil sacas/ano de açúcar, 9,4 mil m³/ano de etanol anidro e 9,4 mil m³/ano de etanol hidratado.

Os chineses também demonstraram interesse no negócio e preveem injetar mais de R$ 2 bilhões em usinas sucroalcooleiras.

      

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas