Economia e Mercado

Secretário do Tesouro Nacional diz que notas de R$ 200 não devem aumentar inflação

[Secretário do Tesouro Nacional diz que notas de R$ 200 não devem aumentar inflação]
30 de Julho de 2020 às 17:18 Por: Edu Andrade/Ascom/ME Por: Redação BNews

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, afirmou nesta quinta-feira (30) que a emissão de notas de R$ 200 não deve causar um aumento da inflação no país. A novidade foi anunciada ontem (29) pelo Banco Central.

“Eu acho muito difícil, porque estamos com uma inflação extremamente baixa, uma queda de PIB significativa. Dificilmente a gente terá uma demanda que cause pressões inflacionárias. Então, não vejo essa possibilidade”, avaliou o titutlar do Tesouro em coletiva de imprensa.

De acordo com Bruno Funchal, a decisão de emitir cédulas no novo valor se justifica pela necessidade de colocar notas em circulação com redução de custo de impressão.

“O que podemos falar em relação ao Tesouro é: o Banco Central tem os estudos de todas as necessidades de numerário. Certamente, ele faz o balanceamento dos prós e contras. A justificativa do BC é justamente trazer esse numerário para uma eventual necessidade ao longo desse ano, e ganha em termos de logística”, pontuou o secretário.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar