Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Privacidade para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Economia e Mercado

Salvador registra aumento na ocupação hoteleira e na diária média em setembro

[Salvador registra aumento na ocupação hoteleira e na diária média em setembro ]
Por: Divulgação/ Max Haack / Secom Por: Redação BNews 0comentários

A capital baiana registrou uma demanda maior no segmento de hotelaria no mês de setembro.  A taxa de ocupação ficou em 29,85% e a diária média em R$ 214,20. No mês anterior, os índices ficaram em 23,71% e R$ 206,76, respectivamente.

Apesar da melhora, o cenário é muito diferente do observado em setembro de 2019, bem antes da pandemia. A ocupação média era de 60,15% e a diária R$ 274,51. 

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), Luciano Lopes, destaca que as pessoas estão em busca de uma hospedagem em um lugar diferente e de forma segura após um isolamento social de mais de seis meses. "O feriadão de 12 de outubro, dia da Nossa Senhora Aparecida, deve ser o melhor desde o início da pandemia. Esperamos uma taxa de ocupação acima de 50% para os hotéis abertos de Salvador", cravou Lopes.

Muitas famílias pretendem viajar com os filhos para celebrar o dia 12, quando também é comemorado o Dia das Crianças, o que elevará o nível de ocupação hoteleira. "A procura para este período é positiva. A maioria das pessoas viaja por lazer, havendo predominância das famílias provenientes de regiões próximas. No entanto, com a gradual retomada dos voos, muitos paulistas têm optado por Salvador para passar o feriadão já que a malha aérea favoreceu essa conexão", citou o presidente da ABIH-BA.

Ele pontuou que o normal é as pessoas realizarem reservas com, no mínimo, vinte dias de antecedência, mas o medo de sair de casa tem feito com que tomem decisões em cima da hora. Esse comportamento faz com que os hotéis recebam novas reservas até para o próprio dia. 

Lopes estima que o desempenho hoteleiro só deve se normalizar após a descoberta da vacina ou de algum remédio eficaz no tratamento do coronavírus. Enquanto isso, o mercado baiano continua com as pesquisas aferindo o desempenho dos hotéis que continuam abertos e enfrentando o período de pandemia. 

O levantamento realizado pela ABIH foi feito em parceria com a seção nacional. Desde abril deste ano, a Pesquisa Conjuntural de desempenho (Taxinfo) considerou uma base nova de hotéis, contabilizando apenas os que estão em funcionamento. Além disso, os dados são fornecidos diariamente e de forma digital pelas unidades hoteleiras ao Portal Cesta Competitiva.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas