Economia e Mercado

Governador cita retração econômica e diz que solução para trabalhadores da Ford não virá “a curto prazo”

[Governador cita retração econômica e diz que solução para trabalhadores da Ford não virá “a curto prazo”]
12 de Janeiro de 2021 às 18:22 Por: Vagner Souza/ BNews Por: Pedro Vilas Boas e Márcia Guimarães

O governador Rui Costa (PT) avisou que os prejuízos causados pelo fechamento da Ford no Brasil não serão fáceis ou rápidos de reverter. Ele destacou, durante entrevista coletiva nesta terça-feira (12), que o cenário de forte retração econômica global deve fazer com que novos investimentos demorem a chegar no estado, o que impossibilitará a célere recuperação dos mais de 7 mil postos de trabalho perdidos com a saída da montadora do Polo de Camaçari.

As declarações foram dadas após a reunião com o grupo de trabalho formado por membros da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), do Sindicato dos Metalúrgicos e técnicos do governo estadual. O governador já acionou a embaixada da China e hoje entrará em contato com as embaixadas da Índia, Coreia do Sul e Japão, a fim de que eles possam ajudar a Bahia a chegar nos diversos fabricantes automotivos.

“Temos uma belíssima estrutura, a maior planta industrial automotiva do país, a maior da América do Sul, com estrutura portuária excepcional, e o parque tecnológico do Senai/Cimatec. Isso tudo vamos apresentar aos investidores”, elencou Rui.

Apesar de dizer que o trabalho para atrair os investidores está apenas começando, ele foi bastante realista sobre a expectativa do governo. “Não é fácil, não quero criar nenhuma expectativa de curto prazo. Vivemos um cenário de retração econômica forte global. O cornavírus só se agrava na Europa. Na Alemanha, chegou a 80% a taxa de ocupação de leitos de UTI. Isso tudo significa aprofundamento da retração econômica e da demanda. Isso faz com que novos investimentos sejam alongados no tempo. Então, isso aqui não é uma solução de curtíssimo tempo”, acrescentou.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar