Política

Equipe econômica quer que "nova CPMF" tramite paralela à reforma tributária no Congresso

[Equipe econômica quer que
Por: Leopoldo Silva/Agência Senado Por: Redação BNews 0comentários

Na tentativa de distensionar o debate em torno da criação do novo tributo sobre transações digitais, a equipe econômica do governo deve enviar ao Congresso a proposta de forma que ela tramite paralelamente à reforma tributária. Desta maneira, a discussão sobre o imposto não tumultuaria os trabalhos em torno da reforma já em análise.

De acordo com informações da coluna Estadão, do jornal Estado de São Paulo, a tramitação paralela também é vista como uma forma de dirimir os entraves com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), contrário à ideia. Para Maia, o novo tributo significa a recriação da extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Também segundo a publicação, a equipe econômica também quer atrelar a proposta do novo imposto ao financiamento do Renda Brasil como forma de sensibilizar a sociedade em torno da sua discussão.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas