Eleições

Eleições 2020: Facebook vai tirar do ar conteúdos impulsionados por candidatos sem selo de identificação

Oliver Graumnitz/Pixabay

Além disso, empresa exigirá cadastro para impulsionamento de publicações por candidatos

Publicado em 07/08/2020, às 08h36    Oliver Graumnitz/Pixabay    Redação BNews

O Facebook anunciou mudanças de regras em suas redes sociais visando as eleições de 2020. De acordo com a empresa, tanto a rede social homônima quanto o Instagram vão retirar do ar todo conteúdo impulsionado relacionado à disputa eleitoral que não possua o selo que identifica este tipo de postagem como paga ou propaganda eleitoral.

Interessados em impulsionar publicações durante a campanha eleitoral terão que fazer um cadastro, disponibilizado desde esta quarta-feira (5). Para o registro, é necessário o envio de uma confirmação de identidade, além de comprovante de residência nacional e um documento de identificação.

Conteúdos de teor jornalístico tem passe livre sobre a regra. No entanto, o Facebook fará uma lista com os veículos que seguem as regras definidas pela empresa. Estes veículos terão o impulsionamento de seus links por outros usuários liberados. A campanha eleitoral na mídia está agendada para começar no dia 27 de setembro. 

Classificação Indicativa: Livre