Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições

Zé Neto fala de "sentimento latente de mudança em Feira" após pesquisa indicar segundo turno

[Zé Neto fala de "sentimento latente de mudança em Feira" após pesquisa indicar segundo turno]
15 de Outubro de 2020 às 12:50 Por: Vagner Souza/BNews Por: Raul Aguilar

Em empate técnico no topo das intenções de voto em Feira de Santana, com 30% das intenções de voto contra 29% de Colbert Martins (MDB), em uma margem de erro de 4 p.p, e o candidato com o menor índice de rejeição, com 43%, segundo levantamento do jornal A Tarde / Potencial Pesquisas, divulgado nesta quinta-feira, 15, o deputado federal Zé Neto (PT) falou ao BNews sobre o resultado da pesquisa que  avalia como uma mostra de que “está latente o clima de mudança na cidade”.

 

“Todas as pesquisas que tenho visto têm retratado coisas importantes. A boa avaliação de Rui, que é o cabo eleitoral da oposição em Feira, o desejo de mudança na cidade, que está muito latente. Estou sentindo um cheiro do que aconteceu com Wagner [Jaques]. Eu participei ativamente da campanha na Bahia e em Feira, e o cheiro de mudança, de um novo horizonte, que sentimos naquela época eu sinto hoje; E isso viabiliza e muito a vitória da oposição em Feira, comigo ou com outro”, sinalizou Neto ao BNews.

 

Polarização

 

O candidato do PT acredita que, por conta da “polarização” e do “clima de ódio” que está imperando na corrida eleitoral no município, o resultado eleitoral poderá ser considerado uma reviravolta para oposição, nos moldes da ocorrida em 2006, quando o atual senador Jaques Wagner (PT) foi eleito governador da Bahia no primeiro turno.

 

Zé Neto promete trabalhar na reta final da campanha para combater às Fake News e esclarecer os feirenses que sua candidatura é capaz de “traduzir esse sentimento de mudança” que a “cidade precisa”: “Só o fato de, depois de 24 anos, termos um claro cenário de segundo turno,  já mostra que a população está disposta a mudar o cenário político de Feira”.

Críticas

O parlamentar e candidato petista afirma que, para melhorar sua imagem, o atual prefeito da cidade, Colbert Martins (MDB), está promovendo diversas obras na Princesa do Sertão.

 

“O candidato do governo percebeu que sua campanha tem um teto e está  usando toda máquina, a todo vapor, tentando construir tudo ao mesmo tempo. Provocando um inchaço na máquina com a contratação de terceirizadas e cooperativa, muitas delas de forma inadequadas, no anseio de reverter no povo esse sentimento que está  latente”, asseverou o candidato do PT à Prefeitura de Feira de Santana. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso