Entretenimento

Advogados de Sthefany Brito querem prisão de Pato

Publicado em 28/07/2011, às 07h25   Redação Bocão News




Os advogados da atriz Sthefany Brito, devem pedir a prisão do jogador Alexandre Pato, o motivo seria a pensão de R$ 50 mil reais que o jogador Alexandre Pato deveria pagar a ex-mulher e que foi suspensa na última terça-feira (26).

De acordo com João Paulo Lins e Silva, advogado do jogador, assim que ficou decretado que Pato teria que pagar o valor à atriz, ele entrou com um pedido de efeito suspensivo da pensão. O advogado conseguiu no Tribunal anular o pagamento da pensão por um período. Já a advogada de Sthefany alega que, Pato nunca arcou com o compromisso “ele  nunca pagou um centavo para ela. “Esse foi um efeito suspensivo de uma sentença que, com certeza, vamos conseguir reverter. Estamos estudando a melhor forma de dar entrada no pedido de prisão dele por inadimplência", afirmou a advogada da jovem Gisele Pazini.

Como o efeito suspensivo foi concedido pelo juiz, Sthefany Brito não pode cobrar a pensão atrasada desde abril, quando o advogado do jogador entrou com o recurso.

Segundo Pazini, quando o casal se uniu, em julho de 2009, a proposta que Pato fez à então mulher foi que ela parasse de trabalhar e, mensalmente, ele depositaria R$ 50 mil em sua conta bancária.

"Ele depositou durante nove meses, até os dois se separarem. Depois ofereceu uma pensão de R$ 5.000, mas pagou em menos de um ano. Todo mundo chama a Stephany de 'Maria Chuteira', mas tem que entender que ela perdeu o emprego, ficou sem trabalhar", contou.

Pazini informou que a atriz prefere não comentar o assunto porque ela ficou muito mal com toda essa situação.  
Para o advogado do jogador, "O quanto Pato terá que pagar de pensão a ela será julgado pelo Tribunal e isso pode acontecer ainda no final deste ano".

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp