Entretenimento

Restart: a nova revelação do rock

Imagem Restart: a nova revelação do rock

Com apenas 2 anos de existência banda já coleciona prêmios

Publicado em 24/10/2010, às 18h19        Redação Bocão News


Formada em agosto de 2008 por Pelu (guitarra e vocal), 19 anos, Pe Lanza (baixo e vocal), Koba (guitarra) e Thomas (bateria), os três com 18 anos, a banda Restart inaugurou no rock brasileiro o movimento chamado happy rock queprega a felicidade musical, uma resposta aos chorosos emos que dominavam a cena musical até então.

Emo é abreviação de “emotional hardcore”, um estilo marcado por melodias e letras tristonhas, como as que faziam NxZero e Fresno. Seus fãs usavam roupas escuras, cabelos lambidos e mantinham, por honra, um semblante deprê. Como negar tudo isso? Nem acordes poderosos, nem atitude de contestação e rebeldia, como manda o manual do bom roqueiro. O que o Restart fez foi injetar cores vibrantes nas roupas tinindo de novas, contra-atacar com refrões tão melosos quanto um sertanejo universitário e conclamar os princípios da família. É com essa palavra, afinal, que eles se referem a seus fãs.

E dá-lhe fãs. Fazendo até 15 shows por mês, o Restart se tornou em 2010 a grande revelação do rock nacional. Prova disso é a leva de cinco prêmios que levou no Vídeo Music Brasil, da MTV, e o troféu de Melhor Música por “Recomeçar”r, no Prêmio Multishow. Mais: em agosto, ganhou o disco de ouro pela marca de venda de 50 mil cópias do primeiro disco. Neste domingo (24), mais uma conquista: o grupo grava seu primeiro DVD na já tradicional domingueira Happy Rock Sunday, realizada aos domingos, com ingressos que chegam a R$ 140.

(Informações Revista  Veja)

Classificação Indicativa: Livre