Entretenimento

Matheus Ribeiro termina noivado com policial: 'Seguimos admirando um ao outro'

Reprodução/Instagram

"Terminamos um noivado, mas seguimos admirando um ao outro. Seguimos amigos", disse

Publicado em 03/12/2020, às 19h30    Reprodução/Instagram    Folhapress

O jornalista Mateus Ribeiro, 27, anunciou pelas redes sociais que seu noivado com o policial Yuri Piazzarollo chegou ao fim. Em texto pelas redes sociais, afirmou que, apesar de tudo, ambos permanecem amigos.

"Terminamos um noivado, mas seguimos admirando um ao outro. Seguimos amigos", disse. Em outro momento do texto, deu mais detalhes de como a relação foi boa.

"Foram 21 meses. Intensos, bem aproveitados e experimentados. Vivemos nesse período tanta coisas boas, coisas novas...

Conseguimos abandonar nossos medos de rejeição e não só saímos do armário, mas já falamos direto de amor. Aberta e tranquilamente, enfrentando as dificuldades que viriam por conta", escreveu.

O casal namorou a distância por algum tempo, mas depois eles ficaram mais próximos. "Viramos noites ao telefone e outras lado a lado. Fomos felizes. Sabemos bem toda a magia que envolve o período em que estivemos juntos", revelou.

Ribeiro foi o primeiro jornalista assumidamente gay a ocupar a função de apresentador do Jornal Nacional. Em abril de 2020, porém, ele foi contratado pela Record. Hoje em dia, trabalha em Brasília.

Segundo Ribeiro, que atuava na TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, a decisão de tornar pública sua orientação sexual não foi bem sua, mas sim dos sites de fofoca que começaram a vasculhar seu perfil nas redes sociais após ele ser anunciado como um dos âncoras do rodízio de comemoração pelos 50 anos do telejornal -celebrado em setembro de 2019.

"Eu nunca tive motivo para me envergonhar de quem sou, das escolhas que faço ou das situações que vivo. Por isso, ainda que seja minha vida pessoal, eu decidi assumir a autoria dessa história. Postei uma foto com meu namorado e pronto! Mas nunca fui eu que coloquei em debate ou tentei me promover em cima disso", disse ele em entrevista à reportagem.

Classificação Indicativa: Livre