Entretenimento

Verão Coca-Cola: evento chega ao final com reforço na segurança

Gilberto Junior / Bocão News

A direção comentou sobre a estrutura para prevenção de acidentes e tumultos

Publicado em 28/01/2013, às 11h52    Gilberto Junior / Bocão News    Tony Silva (Twitter:@Tony_SilvaBNews)

Chega ao final o Verão Coca-Cola Salvador, com mais um domingo lotado pelo público teen, que desfrutou das diversas atrações esportivas e culturais.  

Além dos shows e diversas opções de esportes radicais, como a novidade deste ano que é a volta do Bungee Jump, a tenda da sustentabilidade trouxe diversos projetos de sustentabilidade, com o objetivo de fortalecer a consciência ambiental, que é uma das bandeiras defendidas de forma permanente pela Coca-Cola, como explicou Rilson Campos, responsável pelo evento.


Na tenda da sustentabilidade acontecem atividades interativas com o público e a exposição de projetos ambientais de forma educativa. Crianças e adolescentes se divertem com brinquedos feitos de materiais reciclados, e também aprendem a produzi-los.

A estudante Karina Costa, 17 anos, se surpreendeu ao se divertir pela primeira vez com o jogo de damas feito de materiais reciclados. “É diferente, é curioso. Eu que sou acostumada a brincar somente no computador, não tinha jogado ainda de verdade, de fora da tela do PC, estou achando o máximo. Este evento é maravilhoso, Salvador precisa de mais opções de diversão como esta para os jovens”, comenta a estudante.

Apesar de toda estrutura, na primeira edição, o evento sofreu algumas críticas por conta da suposta falta de segurança, resultando em furtos e outros tumultos. O Verão Coca-Cola chega ao final com o esquema de segurança reforçado. Rilson Campos, responsável pelo evento explicou as providencias tomadas.“A direção reconhece, que na primeira edição, que aconteceu no dia primeiro deste mês, houve uma demanda além do esperado, mas logo foi providenciada uma reunião com a Polícia Militar e demais órgãos responsáveis para garantir um ambiente melhor para o público do Verão Coca-Cola. Tivemos no policiamento mais de 70 homens”, afirma.

Diversos órgãos deram apoio ao evento, como a Transalvador, Sesp, Polícia Militar, Salvamar, entre outros. A direção do Verão Coca-Cola também explicou, que uma das maiores preocupações da organização foi coibir a venda e a entrada de bebidas alcoólicas, tendo em vista que o maior público é de menores de idade. Diante disso a Polícia Militar e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) fiscalizaram os ambulantes que se posicionaram ao redor da área do evento.


Segundo informações da direção do evento, fornecidas pelo Salvamar, desde a primeira edição deste ano, foram registrados apenas sete ocorrência leves, como, a advertência de banhistas que se encontravam em áreas de risco.  

A 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que atende a região da Boca do Rio e Imbuí, guarneceu o evento junto com o Pelotão Águia, Operação Gêmeos e seis guarnições do Ações de Policiamento Localizada(Apolo) que fizeram patrulhamentos na redondeza do local do evento. O Tenente Ciro Augusto da 39ª (CIPM) fez um breve balanço das ocorrências nas quatro edições do verão Coca-Cola. “Pelas características de eventos como esse, acontecem aglomerações pelos redores do local após o término das atrações e do próprio evento, principalmente onde ficam os vendedores ambulantes e nos pontos de ônibus. Nós concentramos um patrulhamento mais detalhado e consistente nessa situação, pois foram nesses momentos e nesses lugares que predominaram as  maiores ocorrências, que foram, furtos e algumas brigas. No mais, tivemos um evento tranquilo” afirma o Tenente.

Ao sair do local do evento a reportagem do Bocão News flagrou um grupo de pessoas bebendo em frente ao supermercado Bom Preço do Jardim de Alah, que fica próximo ao local do verão Coca-Cola. Alguns populares que não quiseram se identificar disseram que o supermercado fechou as portas para controlar a entrada e saida da grande quantidade de pessoas , devido ao movimento decorrente do evento da Coca-Cola e com isso evitar furtos dentro do estabelecimento.

Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News
Nota originalmente postada às 16h do dia 27

Classificação Indicativa: Livre