Cultura

‘Falta mais espontaneidade no Carnaval de Salvador’, opina cantor Alexandre Leão 

[‘Falta mais espontaneidade no Carnaval de Salvador’, opina cantor Alexandre Leão ]
Por: Reprodução/ Youtube Por: Redação BNews 0comentários

O músico Alexandre Leão, conhecido por fazer releituras de sucessos do Axé e por compor para grandes artistas como Ivete Sangalo e Maria Bethânia, acredita que o Carnaval de Salvador precisa resgatar sua espontaneidade e ampliar as atrações gratuitas.

“Faltam mais espontaneidade, mais fantasias, paz, trios e atrações tocando para o povo. Essa é a essência da festa. Pelo menos isso está crescendo no Carnaval, com o investimento do governo do estado e da prefeitura. Os blocos deixaram de ser hegemônicos. Nada contra eles, mas estou gostando muito dos rumos do Carnaval”, opinou o músico durante entrevista ao apresentador José Eduardo, na Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (13).

Alexandre, que se apresenta todas as sextas-feiras na Varanda do Sesi, compôs pela primeira vez aos 17 anos e teve a sua música gravada logo por Maria Bethânia. Com um trabalho bem baiano e de alcance mais regional, rodou o Brasil tocando com Rosa Passos e Margareth Menezes e tem trazido o Axé das antigas para o Rio Vermelho com suas releituras.

“Salvador é a cidade da música, mas tem poucos espaços para a música como o Sesi faz com tanto carinho”, analisou o artista.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas