Cultura

Saiba como jogar xadrez contra a protagonista de 'O Gambito da Rainha'

[Saiba como jogar xadrez contra a protagonista de 'O Gambito da Rainha']
24 de Novembro de 2020 às 08:45 Por: Reprodução/Chess Por: Folhapress

Minissérie original de ficção mais vista na história da Netflix, com 62 milhões de espectadores, "O Gambito da Rainha" deve ter feito muita gente se perguntar —afinal, como é jogar uma partida de xadrez contra Beth Harmon, protagonista da trama e enxadrista prodígio?

O site Chess.com, uma das principais plataformas online de xadrez, resolveu surfar no sucesso da produção e lançou robôs inspirados na personagem. Eles podem ser escolhidos por qualquer um que deseje desafiar Harmon e dão a sensação de jogar contra ela.

É claro que a inteligência artificial está bem longe de ser uma pessoa e não pode ser comparada à personagem, que enxerga peças de xadrez no teto e consegue desmistificar a fama de passatempo cabeçudo do esporte.

Esse tipo de robô é chamado de "engine". Na prática, é um programa de computador capaz de jogar xadrez por ter algoritmos desenvolvidos para isso, conseguir de fazer cálculos complexos na hora de escolher as melhores jogadas e ter um banco de dados com, muitas vezes, milhões de partidas na memória.

No caso de Harmon, ela aparece na plataforma em sete versões. Da primeira, na qual tem oito anos de idade e está comçenando a jogar xadrez, até a última, com 22 anos e pronta para fazer frente aos melhores enxadristas do mundo na ficção.

Nas competições da modalidade, cada jogador tem uma pontuação. Esse número aumenta à medida que ele vai vencendo as partidas. O robô que representa a Beth de oito anos, por exemplo, começa com 800 pontos, um número baixo. A última versão dela ostenta 2.700 pontos —para se ter uma ideia, no mundo real, o atual campeão mundial de xadrez, o norueguês Magnus Carlsen, atingiu no máximo 2.882 pontos, segundo a Federação Internacional de Xadrez.

Para desafiar Beth Harmon, é preciso acessar o página da plataforma. Além dela, há outros personagens de ficção no site. Mas há também robôs inspirados em jogadores reais. É o caso do americano Hikaru Nakamura, um dos principais enxadristas atuais, e também do grande mestre brasileiro Krikor Mekhitarian.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar