Entretenimento

Após ter sido preso, ex-BBB Diego Alemão é indiciado por embriaguez ao volante e lesão corporal 

[Após ter sido preso, ex-BBB Diego Alemão é indiciado por embriaguez ao volante e lesão corporal ]
Por: Reprodução // TV Globo Por: Redação BNews 0comentários

O ex-BBB Diego Alemão foi indiciado pela Polícia Civil do Paraná por lesão corporal consumada, ameaça, embriaguez ao volante e desacato a autoridade após se envolver em um acidente de trânsito, em Curitiba, no último dia 18 de abril. 

O ex-BBB se envolveu em um acidente com Fábio Reis Rosário, motorista de aplicativo. Segundo a polícia, quando os policiais chegaram ao local da ocorrência, Alemão se recusou a fazer o teste do bafômetro e o delegado afirmou que o ex-BBB deu um soco no motorista de aplicativo e ainda desacatou e ameaçou os policiais.

Alemão foi detido e teve liberdade concedida no dia seguinte pela Justiça do Paraná mediante o pagamento de fiança no valor de R$ 7.000. A juíza responsável pela liberdade do ex-BBB, Fernanda Maria Zerbeto Assis, condicionou a medida ao ex-BBB e, além do pagamento da fiança, exigiu o "comparecimento bimestral [de Diego Alemão] à Justiça". 

Segundo o boletim de ocorrência, Diego Alemão teria ameaçado os policiais. "Sou famoso, sou influente, seus policiais de m..., eu sei bem a raça à qual vocês pertentem. Sou do BBB, vocês me conhecem, vocês não sabem a m... que vai dar se vocês me prenderem. Eu sou empresário, sou influente, vou acabar com a vida de vocês. Vocês não são capazes, se quiserem vão ter que me deter à força, me algemar", teria dito Alemão, de acordo com o documento. 

De acordo com o Uol, o inquérito foi concluído na quarta-feira (20) e assinado pelo delegado Leonardo Bueno Carneiro. O caso segue para o Ministério Público do Paraná que decidirá se oferece ou não a denúncia do caso. O UOL procurou a defesa do ex-BBB para se pronunciar, no entanto, até a publicação desta reportagem não tivemos resposta.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas