Famosos

Moradores de povoado onde Luan Santana gravou DVD ganharam ajuda do cantor

[Moradores de povoado onde Luan Santana gravou DVD ganharam ajuda do cantor]
20 de Setembro de 2018 às 14:01 Por: Reprodução / Instagram Por: Tiago Di Araujo

O novo projeto de Luan Santana, o EP/DVD 'Live Móvel', inovou ao ser gravado em cinco cenários diferentes, em quatro cidades do Brasil. Um dos locais foi o Povoado Assentamento Olho D”água do Meio, de apenas 100 pessoas, em Piranhas, sertão de Alagoas, que para o cantor foi o mais marcante. "A história que mais me mudou como pessoas foi a de Piranhas, porque é um Brasil que está lá, que existe mesmo, que as pessoas não têm acesso algum a qualquer tipo de entretenimento por ser muito longe, por questão geográfica mesmo. Então, se a gente pode ir até lá levar entretenimento, levar alegria para aquelas pessoas, por que não ir?", questiona.

Em entrevista ao BNews, durante o lançamento do projeto, que aconteceu em São Paulo, no último dia 14, Luan revelou que chegou a fazer doações aos moradores após a gravação. "Eu quando cheguei lá e conheci as pessoas, as histórias das pessoas, a gente voltou no outro dia lá e fizemos várias doações lá para eles, ajudamos também. Eu não gosto de ficar falando essas coisas, tive várias oportunidades de ter contado isso, mas a gente deixou uma ajuda muito legal para eles", contou.

Para o cantor, foi o mais justo a fazer com a equipe depois de utilizar o local para seu registro audiovisual. "Acharia injusto a gente ir lá, aproveitar o cenário, aproveitar as pessoas e não deixar nada. Então, eu fiz a minha parte e como prêmio eu acho que vou conscientizar muitas pessoas com esse vídeo", justificou ao se recusar em detalhar a ajuda. "Eu prefiro não falar", disse ao ser questionado se doou dinheiro aos moradores.

Como nasceu o 'Live Móvel'
Durante o bate-papo, Luan Santana aproveitou para contar como surgiu a ideia e, de certa forma, o passo a passo para gravação do projeto. "A primeira história foi a da fã de Estrelas do Indaiá (interior de Minas Gerais). A gente achou a história dela, ela era cadastreadas em nossa central de fãs, e a gente foi atrás da história dela e viu que ela morava em uma cidade muito pequena, que tinha tido poucos shows na região dela e tínhamos pouco contato com ela e outras fãs que queriam ir a um show meu, diferente dos grandes centros", explicou.

Segundo o sertanejo, a ideia inicial era fazer uma inovação ainda maior e se apresentar apenas para uma pessoa. "A gente achou a história dela muito legal e resolvemos ir apresentar o show exclusivamente para ela. Então, a ideia primeiro era cantar para uma fã. A gente canta para milhares de pessoas em shows e seria legal cantar somente para uma fã. Achamos que a estética ficaria bonita, que era uma coisa pura, que era uma coisa diferente e ia chamar muito a atenção das pessoas. Então, achamos a história da Nátali e fomos até ela. Nisso estava feito um vídeo".

Depois disso, Luan afirmou que a sequência de gravação aconteceu de forma espontânea. "Depois de ter feito no interior de Minas Gerais, pensei em fazer na praia, para ter um vídeo com outras cores, com coqueiros, com mar, com onda. Então decidimos ir para orla de Maceió e gravar de surpresa. Aí foi feito outro", explicou. "No caminha para Maceió, eu passei por essas cidade de Pirnhas. Então, pensei em fazer uma cidade muito pequena. Paramos em Piranhas e estava feito o outro vídeo, com outras cores, com outras pessoas, com outro tudo".

Para finalizar, o cantor quis também gravar em um grande centro do país. "Depois Ibirapuera. Pensei em ir na maior cidade, a partir da menor, fomos para maior, São Paulo, onde fiz com Jorge e Mateus. E o outro eu fiz sem público, sem ninguém, foi quando chamei a Simone e Simaria. Aí eu aproveitei e fiz um sozinho lá no mesmo lugar", contou.

O resultado desse trabalho, um pocket show que reúne seis canções e se traduz em uma espécie de EP DVD, teve as faixas disponibilizadas nas plataformas digitais e segue sendo liberado aos poucos no canal oficial do cantor no YouTube. Ainda durante a entrevista, Luan Santana contou a inspiração para o projeto, que teve como base uma inovação feita pelo U2 há alguns anos.

Repertório
• MACHISTA / LUAN SANTANA, SIMONE & SIMARIA
(Os Parazim / Junior Angelim / Matheus Aleixo)

• SOFAZINHO / LUAN SANTANA, JORGE & MATEUS
(Filipe Escandurras / Breno Casagrande / Samir)

• VINGANÇA / LUAN SANTANA, MC KEKEL
(Douglas Cesar)

• A
(Luan Santana / Bruno Caliman / Rafa Torres / Lucas Santos)

• QUARTO
(Douglas Cezar / Renato Campeiro / Felipe Arná)

• MENINA
(Luan Santana / Lucas Santos / Tierry)

Matérias relacionadas
Novo trabalho de Luan Santana teve participação de Simone e Simaria e músicas de compositores baianos
Luan Santana revela que 'Live Móvel' foi baseado em projeto do U2
"Seria zerar a vida", declara Luan Santana ao revelar cantor com quem sonha gravar
Ao BNews, Luan Santana revela participação em novo DVD de Simone e Simaria
Exclusivo: Luan Santana estará no Réveillon de Salvador e no Festival de Verão
Só Toca Top terá segunda temporada na Globo com quase o dobro de programas deste ano
Exclusivo: Luan Santana quer gravar próximo DVD em Salvador

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar