Especial

Xanddy fala sobre as mudanças na carreira, Carnaval, Afródromo e Festival

Imagem Xanddy fala sobre as mudanças na carreira, Carnaval, Afródromo e Festival

Em entrevista ao Bocão News, o cantor do Harmonia do Samba falou sobre assuntos polêmicos

Publicado em 16/01/2013, às 00h00        Leonardo Santana (Twitter: @leosouzasantana)

Antes da sua apresentação no programa Se Liga Bocão, da Record Bahia, nesta quarta-feira (16), o cantor Xanddy, da banda Harmonia do Samba, concedeu uma entrevista exclusiva ao Bocão News. O artista comentou sobre a expectativa para o Carnaval, falou sobre questões polêmicas, como as declarações do cantor Ricardo Chaves e elogiou a criação do Afrodrómo. Xanddy comentou sobre a carreira, as mudanças, a parceria que irá fazer com Armandinho no Festival de Verão e deixou um recado para os internautas do Bocão News. Confira abaixo a entrevista na íntegra:

Bocão News: Qual a expectativa do Harmonia do Samba para o Carnaval?
Xanddy: Muito legal. Este é o décimo ano do bloco ‘Meu & Seu’ e a gente está comemorando desde já. Vamos comemorar de fato no circuito com os foliões que são fiéis e estão com a gente há dez anos.

BN: Qual a música de trabalho do Harmonia do Samba para o Carnaval?
Xanddy: A música do Harmonia para o Carnaval, para o bloco esse ano, é a música “Balança Tudo”. É a segunda faixa do disco e a gente está bem feliz com o resultado. Começamos a tocá-la há quinze dias, mas a repercussão já está sendo maravilhosa e a resposta do público no ensaio já está sendo muito forte.

BN: Em relação às músicas dos outros artistas do Carnaval, você acha que estão deixando a desejar?
Xanddy: Acho que está ótimo, acho muito relativo. As pessoas que começaram a criar uma espécie de competição para a música, mas acho que o importante é o público está bem servido. Têm boas músicas, a música do Chiclete gosto muito, ‘Largadinho’ da Claudia, gosto de ‘Dançando’ da Ivete. Acho que têm muitas músicas, o público em geral é quem cria essa situação de competição, mas o povo está bem servido.

BN: O que você acha das críticas feitas por Ricardo Chaves em relação ao carnaval? Acha que houve mudanças na festa?
Xanddy:
Eu li a matéria do Ricardo, acho que ele externou algo bem pessoal dele, uma opinião e respeito demais a opinião dele. Acho que ele tem razão em muitos pontos, como não tem em alguns, na minha opinião. Porém, entendo de um modo geral que ele externou a questão da mudança no propósito da evolução, a questão do capitalismo. Então eu acho que tem a coisa de acompanhar essa evolução, administrar isso de uma forma com que não deixe se perder a essência do carnaval em si. A preocupação dele faz sentido, eu acho que funciona até como um alerta e ajuda aos gestores do carnaval, a todos que estão envolvidos no carnaval, a repensar e a pensar melhor sobre a administração do carnaval em si. Eu acho que esse tipo de pontuação que foi feita pelo Ricardo é bem válido para que a gente possa equalizar a coisa toda e ser bom pra todo mundo.

BN: Em relação ao Afrodrómo, você apoia? Participaria de alguma forma?
Xanddy:
Sem dúvida. Acho que o que for pra puder ampliar, em todos os aspectos, seja no espaço, acesso, música ou diversão, se for pra ampliar, é bem vindo. Acho que o público de Salvador vai ficar bem feliz com isso, principalmente quem gosta e quem defende a música afro. Tem que existir um pouco mais de democracia e por isso apóio. Se eu for convidado de alguma forma a participar seja lá como, mesmo que seja participando com alguém, eu vou com maior prazer, sem dúvidas.

BN: Em relação a sua carreira, você acha que depois que se tornou evangélico, as letras das suas músicas ou a forma de cantar e dançar mudou?
Xanddy:
Eu penso o seguinte. Quem toma uma decisão como eu tomei a minha, fatalmente muda alguma coisa sim. Muda postura, algumas coisas mudam sim, isso de fato existe. Na verdade o interessante disso tudo é justamente mudar e que de preferência seja pra melhor, a intenção é essa. Mas eu acredito que a gente tem vivido nos último anos os melhores anos da carreira do Harmonia, não diria no aspecto de sucesso nacional, aquela coisa como já foi um dia no inicio da carreira, mas diria no sentido de um amadurecimento. Administramos muito melhor a nossa carreira hoje, temos uma carreira muito mais saudável. Saudável entre a gente, saudável entre a gente com nossas famílias, é tudo muito mais equilibrado. Quanto a questão do Harmonia com seus fãs, com seu público, na minha opinião, só fidelizou ainda mais. Todo mundo demonstra um carinho e um respeito muito maior do que sempre. Mudou, mas mudou pra melhor. As mudanças foram ‘positivaças’.

BN: O Harmonia do Samba faz um pagode mais musical, diferenciado?
Xanddy:
Acho que o Harmonia nasceu dentro dessa proposta. O Harmonia ousa um pouco mais, a gente tem influências diversas. O próprio Bimba, que é o diretor musical, provoca isso dentro do Harmonia. Então a gente acaba de alguma forma tendo elementos diferenciados de outras bandas. A própria harmonia das músicas são muito mais detalhadas, muito mais trabalhadas no aspecto de ousar mesmo. Tem umas coisas que são muito difíceis, que talvez outros não colocassem por acharem mais completas, sofisticadas. E a gente usa isso sem medo e o público entende. Eu diria que é isso, o Harmonia ousa mais nesse aspecto de sofisticação na sua música e a gente não tem medo de ousar, porque o público sempre entende bem e recebe bem. A gente não se sente melhor ou pior do que ninguém, só fazemos isso justamente por ser a nossa verdade, por ser muito natural.

BN: O Harmonia do Samba está preparando algo especial para o Festival de Verão?
Xanddy:
Festival sempre é um show especial, então o show vai ser super produzido, mas não temos um tema especifico. Uma novidade é que na semana passada convidei Armandinho e como a proposta do festival é misturar e a guitarra baiana é tema do carnaval, porque não ligar uma coisa a outra? Então Armandinho vai participar com a gente, vai fazer uma coisa totalmente diferente, mas posso antecipar que a gente deve fazer alguma coisa com a música ‘Desafio’. Vamos ter um repertório bem atual, com no mínimo sete músicas do cd novo, o ‘Tudo de Novo’, então pra mim isso já muda bastante o show.

BN: Deixe uma mensagem para os seus fãs do Bocão News.
Xanddy:
Gostaria de mandar um beijo grande a toda turma do Bocão News. Dizer que eu acesso sempre o Bocão News. Gosto demais da forma como é conduzido o site. Parabéns a vocês e um beijo grande a todos os internautas, a todos que estão ligadinhos no Bocão News. Eu sou fã de vocês, beijão! 

Classificação Indicativa: Livre