Esporte

Após receber seguro de morte de Arthur Maia, Vitória trava repasse para família

[Após receber seguro de morte de Arthur Maia, Vitória trava repasse para família]
16 de Maio de 2017 às 14:02 Por: Reprodução Por: Redação Galáticos Online
Apesar de não passar por dificuldades financeiras no momento atual, o Esporte Clube Vitória estaria adquirindo uma dívida que já poderia ter sido paga. O rubro-negro teve direito a receber R$ 2 milhões por um seguro de morte do jogador Arthur Maia - vítima do acidente trágico com a delegação da Chapecoense, no final do ano passado-, e 10% deste valor deveria ter sido repassado para família, de acordo com o pai do meia revelado na base do Leão.
 
 
“Quando o Arthur faleceu, o Arthur tinha contrato até 2017. O Vitória ficou de pagar 10% do seguro e até agora nada. Me prometeram, tive em Salvador me reuni com o Vitória. Fui aí quando a diretoria que tem o Sinval assumiu, e fui também no mês passado, mas infelizmente o Vitória ainda não repassou esses valores”, explicou Roberto Maia, em entrevista aos Galáticos Online.
 
De acordo com o pai do atleta, existe a possibilidade de uma judicialização do caso, com o empresário do jogador podendo participar do processo contra o Leão.
 
“A gente está conversando com o empresário dele. Não acredito que chegue a esse ponto. É triste, um valor que não e alto. O Arthur chegou aí muito jovem, ele chegou o Sinval era coordenador. Quando fui ai até levei uma foto dele muito jovem aí na base, ele era muito querido aí no Barradão”, finaliza.
 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar