Esporte

CBF perde um dos maiores patrocinadores

[CBF perde um dos maiores patrocinadores ]
17 de Maio de 2017 às 10:29 Por: Reprodução Por: Redação Galáticos Online
 
A Chevrolet decidiu romper contrato com a CBF e não patrocina mais a Seleção nem o Brasileirão.  Desta forma, a entidade, cujo faturamento com patrocínios em 2016 foi R$ 411 milhões, perde umas das dez parceiras. A Chevrolet estava entre as empresas do "top-5" (ao lado de Nike, Guaraná Antárctica, Itaú e Vivo).
 
No site da CBF, a logo da Chevrolet, parceira por três anos, já não aparece mais, assim como nas placas de publicidade do Brasileirão. A duração do contrato, como anunciou a CBF na ocasião, era de cinco anos. Na reta final de 2016, a Samsung também rompeu com a entidade. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar