Esporte

Presidente do Bahia não aceita acordo e exige multa por liberação de Guto

[Presidente do Bahia não aceita acordo e exige multa por liberação de Guto]
29 de Maio de 2017 às 18:41 Por: Reprodução Por: Redação Galáticos Online
 
Apesar de acertado com o Internacional, Guto Ferreira ainda não pode ser oficializado técnico do Colorado. Ao anúncio do treinador pelo time gaúcho esbarra na exigência do Bahia.
 
O Tricolor não aceita nenhum acordo com o Inter, que sinalizou liberar jogadores para abater o valor da multa rescisória. O Esquadrão exige o pagamento da multa para liberar o comandante, que tem contrato até dezembro.
 
"O Guto Ferreira, no inicio da tarde, nos disse ter sido procurado. O clube gaúcho, no entanto, ainda não procurou o Bahia. Ele tem contrato até dezembro deste ano e caso ele deseje ir, terá que pagar o valor da multa previsto em contrato. Encaramos com naturalidade essa procura. A posição do Bahia é de quem fica no clube quem está feliz. Guto continua no Bahia. Ele informou ter sido procurado. Se outro clube quiser o profissional, existem multas previstas", disse o presidente Marcelo Sant'Ana em entrevista ao programa do clube, na Rádio Sociedade.
 
O dirigente ainda elogiou Guto e voltou a destacar só a uma forma de o técnico deixar o Bahia. "Ele tem feito um bom trabalho conosco. Foi uma das pessoas que participou do nosso acesso e da Copa do Nordeste. Apesar do resultado de ontem, nosso time tem um bom desempenho. Só abriremos mão do profissional em caso de pagamento integral da multa", completou. 
 
 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar