Esporte

Bahia vence o Avaí e respira na série A

Publicado em 01/10/2011, às 19h57        Thiego Souza

Foi no sufoco, na base da garra e no empurrão da torcida. Após estar atrás do placar, o Bahia conseguiu dois gols relâmpagos, virou a partida diante do Avaí por 3 x 2, respirando na série A.

Logo aos 10 minutos, a defesa do Bahia vacila, Pedro Ken chuta perto da pequena área e o goleiro Marcelo Lomba salva o tricolor.

O Avaí por pouco não abre o marcador aos 21 minutos. Gian chuta forte e o atacante William tenta mandar a bola para o fundo da rede de cabeça, mas o arqueiro Marcelo Lomba, do Bahia fica com bola.

O tricolor abriu o marcador aos 36 minutos. Na cobrança de falta, Marcos bate, o zagueiro Paulo Miranda manda a bola para o "Anjo Loiro" que chuta rasteiro e abre o placar.

No segundo tempo, o Avaí arrancou logo o empate. Na cobrança de escanteio, Fernandinho lança a bola e Bruno marca para o clube catarinense.

 Aos 8 minutos, Pedro Ken recebeu passe e chutou cruzado, tirando qualquer chance de defesa de Marcelo Lomba.

Porém, quando parecia entregue, o Bahia arrancou o empate. Aos 33 minutos, após chute forte da esquerda, o goleiro Felipe fez grande defesa, mas a bola sobrou para Júnior, que apenas empurrou para o fundo das redes.

A virada veio aos 35 minutos. Lulinha recebeu passe livre no meio da área, dominou e chutou forte, no chão, sem chances de defesa para Felipe.

Com o triunfo por 3 x 2, o Bahia subiu para o 14º lugar com 33 pontos, se afastando de vez de qualquer possibilidade de se aproximar da zona do rebaixamento.

BAHIA 3 x 2 AVAÍ
Campeonato Brasileiro da Série A  

Data: 1º/10/2011
Horário: 18h
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador
Arbitragem: Sálvio Espínola Fagundes Filho (Fifa/SP), assistido por Marcio Luis Augusto (SP) e Alex Alexandrino (SP)
Gols: Júnior (2) e Lulinha (Bahia); Fernandinho e Pedro Ken (Avaí)

Bahia: Marcelo Lomba; Marcos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fahel, Fabinho, Hélder e Camacho; Jones e Souza.
Técnico: Joel Santana

Avaí: Felipe; Daniel, Dirceu, Gian e Fernandinho; Bruno, Júnior Urso, Pedro Ken e Lincoln; Robinho e William.
Técnico: Toninho Cecílio


Classificação Indicativa: Livre