Esporte

Yago avalia duelo contra Inter e fala sobre pressão: "Não pode nos afetar"

[Yago avalia duelo contra Inter e fala sobre pressão: "Não pode nos afetar"]
26 de Setembro de 2018 às 13:50 Por: Divulgação/ Maurícia da Matta/ ECV Por: Galáticos Online

Depois de duas derrotas seguidas, para Ceará e Botafogo, o Vitória voltou a se aproximar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro, agora, é o 14ª colocado com 29 pontos, um a mais que a Chapecoense, clube que abre o Z-4.

Durante entrevista coletiva concedida na manhã desta quarta-feira (26), o meia Yago, falou sobre a pressão com a proximidade da zona de rebaixamento. Segundo o jogador, a equipe está focada em retomar os bons resultados.

"A gente tem que lidar da melhor maneira possível. A gente sabe que isso não pode nos afetar, até porque vínhamos numa sequência boa. A gente tem que retomar o caminho das vitórias o mais rápido possível".

Depois da derrota contra o Botafogo, o técnico Paulo Cézar Carpegiani prometeu repensar a equipe, o que deve provocar novas mudanças.

"A gente conhece todos que estão entrando, estamos jogando desde o início do ano, então isso não muda. Seria até melhor ter a equipe, mas os resultados não estão vindo, então por isso tem essa mudança até encaixar a equipe ideal. Quanto mais rápido colocar em prática tudo aquilo que ele passar e manter uma regularidade, as coisas vão acontecer naturalmente", disse Yago.

O adversário do Vitória também busca recuperação no jogo deste domingo. O Colorado não vence há duas partidas e perdeu a liderança da competição.

"A gente tem que fazer um jogo de muita concentração. A gente já jogou contra eles na Copa do Brasil. A gente sabe da força que eles têm no Beira-Rio. A gente tem que estar muito atento. Eles estão brigando por título. É uma equipe forte, bem treinada, então a gente tem que sair bem focado para voltar com o resultado positivo", afirma.

Yago também falou sobre o técnico Carpegiani e revelou que o comandante procura sempre conversar com os atletas para corrigir detalhes dentro de campo.

"Carpegiani procura conversar com os atletas, com quem está jogando ou com quem não está. Procura passar situação nossa ou sobre o adversário, está sempre se comunicando, até mesmo antes dos jogos, nos treinos, na concentração. Quando o resultado não vem, ele mesmo fala que fica chateado, com cara feia. Mas é um cara bastante tranquilo de conversar."

O Vitória encara o Internacional às 16h (horário de Brasília), no Beira-Rio.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar