Esporte

Vice do Bahia relembra momento difícil do clube e comemora inauguração de CT: "materialização da democracia"

Roberto Viana / BNews

Emocionado, Vitor Ferraz não conseguiu segurar as lágrimas durante discurso na Cidade Tricolor, na manhã deste sábado

Publicado em 11/01/2020, às 12h56    Roberto Viana / BNews    Leo Sousa e Tiago Di Araujo

A manhã deste sábado (11) foi de festa para torcedores e dirigentes do Esporte Clube Bahia. Foi inaugurado o novo Centro de Treinamento do Esquadrão, batizado com o nome do ídolo Evaristo de Macedo. Durante a cerimônia de abertura da Cidade Tricolor, como ficou conhecida pelo torcedor, o vice-presidente do clube, Vitor Ferraz, se emocionou ao relembrar os momentos difíceis enfrentados no início da gestão.

"Poder participar desse momento de reconstrução, é uma emoção grande, porque há seis anos, quando entrei no clube, a gente sabe o estado que encontramos o clube. Tivemos que fazer vaquinha para comprar café e água. Hoje, poder oferecer um espaço como esse para vocês, como vocês merecem, é para nós uma emoção muito grande", declarou.

Ferraz associou a conquista à democracia implantada no clube. "Isso aqui é mais que um Centro de Treinamento, isso aqui é a materialização da nossa democracia. Esse é o fruto da democracia, a democracia vale à pena. Nós temos que cuidar dela, pois foi ela que tirou o nosso clube do fundo do poço. Nós vamos passar, mas o Bahia fica, o Bahia é eterno em nossos corações, em nossa alma, em nossa memória. Vamos cuidar sempre do nosso clube, vamos cuidar da nossa democracia, porque é ela que vai manter o nosso clube grande, cada vez maior, e hoje esse centro de treinamento representa isso e ele é de cada um de vocês".

Classificação Indicativa: Livre