Esporte

"A gente vê as vezes funcionários chorando depois de jogo", revela Raul Prata

Pietro Carpi/EC Vitória

O Leão encara a equipe do Vila Nova, no próximo domingo (28) em busca de uma combinação de resultados que livraria o clube do rebaixamento

Publicado em 25/11/2021, às 16h57    Pietro Carpi/EC Vitória    Redação Galáticos Online

De acordo com o Instituto de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Vitória tem 91,2% de chance de disputar a Série C do Campeonato Brasileiro na próxima temporada.

O Leão encara a equipe do Vila Nova, no próximo domingo (28) em busca de uma combinação de resultados que livraria o clube do rebaixamento. 

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (25), o lateral-direito Raul Prata falou sobre o clima que vive os bastidores do Vitória e destacou a mentalidade dos atletas mais jovens do elenco. 

"A gente vê as vezes funcionários chorando depois de jogo. Meus filhos já choraram em jogo que a gente perdeu. É difícil para nós. A gente está sempre ali dando o nosso melhor para vencer. O jogador as vezes quando perde começa a ser muito questionado, as vezes massacrado. Só que a nossa profissão é essa. Eu já sou um dos mais velhos do grupo, tenho já uma vivência maior que a maioria dos jogadores aqui, mas os meninos foram muito fortes também", disse o jogador.

Sobre a situação do Vitória na tabela, Prata afirmou que o clube está colhendo as consequências de um primeiro turno ruim.

Na reta final da Série B, o Leão conseguiu reagir, mas não foi suficiente para chegar na última rodada dependendo apenas do próprio resultado para escapar da Série C.

"Eu nunca tive um rebaixamento para a Série C, só acesso da C para B. Nossa equipe, eu acho que vem pagando nessa reta final pelo primeiro turno que foi muito ruim. Foram só duas vitórias e no segundo turno a equipe encaixou mais, conseguiu as vitórias e mesmo assim ainda não conseguimos sair da zona", afirmou Prata.

"Esse último jogo não depende só da gente, mas a gente tem que focar na nossa parte. O que nós precisammos fazer, que é vencer a partida que vai acontecer. A situação é difícil, mas a equipe toda tem esperança e confiança de que a gente vai conseguir se livrar do rebaixamento", continuou o jogador.

O lateral destacou também que é necessário que a equipe pense apenas em vencer o Vila Nova. O Leão vai precisar conter a ansiedade e aguardar os resultados de Londrina e Remo, que encaram Vasco e Confiança na rodada.

"O que vai acontecer nos outros jogos, a gente está tentando não pensar nisso. É inevitável, só que durante o jogo a nossa equipe tem que focar o que nós precisamos fazer. A gente tem que focar no nosso. No último jogo a gente teve a chance de depender só da gente, não conseguimos. É vencer a partida", pontuou.

Questionado sobre a mudança no ambiente do clube, Prata afirmou que o Vitória conseguiu se organizar melhor na segunda parte do campeonato, o que influenciou nos melhores resultados.

"Quando as coisas começam a se organizar, o negócio tende a andar melhor. No segundo turno nosso, o clube deu uma organizada e as vitórias começaram a vir. Se é coincidência, não sei. Mas a equipe vinha jogando da mesma forma no primeiro turno. Quando a gente entra em campo a gente não lembra desses problemas que estavam acontecendo extra campo, só que as vitórias não vinham", apontou o jogador.

Vitória e Vila Nova se enfrentam às 16h, no Barradão.

> Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre