Esporte

"Não sou nenhum salvador da pátria", dispara Souza

["Não sou nenhum salvador da pátria", dispara Souza]
15 de Agosto de 2012 às 07:45 Por: Redação Bocão News
A última vez que o Bahia balançou a rede de um time adversário foi na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o time perdeu para o Grêmio, por 3 a 1, com gol marcado pelo volante Fahel, em Porto Alegre.
 
E para aumentar a tristeza da Nação Tricolor, na última quarta-feira (08), o empate sem gols em Pituaçu, contra a Portuguesa, fez o Bahia continuar com apenas 12 gols marcados em 15 rodadas, com o pior ataque do Brasileirão, da Série A.
 
O principal atacante tricolor na temporada de 2012, em três competições, o artilheiro do Bahia na temporada foi autor de vinte e um gols, mesmo com uma lesão muscular que deixou ele afastado dos gramados por quase dois meses.
 
"Foi muito difícil ficar de fora dos quatro jogos. Foi triste e angustiante ficar vendo que o grupo precisa de mim dentro de campo. A gente sabe que o time não vem fazendo gols, mas isso não é culpa só do ataque. A equipe não vive um momento bom", declarou o atacante durante entrevista coletiva nesta terça-feira (14).
 
O Caveirão do Esquadrão divide a responsabilidade de tirar o time da zona de rebaixamento com os outros jogadores. "A responsabilidade é muito grande, não só minha como a dos outros. Mas quero deixar bem claro que não sou nenhum salvador da pátria. A responsabilidade é minha e dos outros jogadores também", disparou.
 
Durante os quatro jogos que Souza estava suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Bahia marcou apenas um gol, pelo volante Fahel, artilheiro da equipe no Brasileirão.
 
Na próxima quarta-feira (15), o Bahia enfrenta Ponte-Preta no estádio Moisés Lucareli, em Campinas em São Paulo. Na última partida, o esquadrão perdeu para o Cruzeiro, por 1 a 0, permanecendo com 13 pontos na Zona de Rebaixamento.

Nota originalmente publicada às 17h do dia 14
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar