Esporte

Presidente do Flu de Feira detona fórmula do Baiano

Imagem Presidente do Flu de Feira detona fórmula do Baiano

O Touro do Sertão e o Atlético de Alagoinhas foram rebaixados para a segundona

Publicado em 12/03/2013, às 18h58        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Depois do rebaixamento começam as ofensas e justificativas. O presidente do Fluminense de Feira, Rubem Cerqueira, detonou a fórmula da competição, questionando o porquê de clubes serem rebaixados após uma quantidade pequena de jogos.

Rubem Cerqueira lamentou o formato da competição. “A fórmula é o fator mais importante para a queda. Você não vê essa fórmula em lugar nenhum do mundo. Como pode em apenas oito jogos, dois times de nove serem rebaixados no primeiro turno?”, criticou ao Correio*.

O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, em entrevista ao Galáticos Online, havia comentado sobre a fórmula do campeonato, deixando claro que quase todos os clubes aceitaram sem questionamentos. “Com todo respeito ao posicionamento dos clubes, foi uma fórmula aprovada por 11 dos 12 clubes, praticamente foi unanime, então se um dia ganhar a condição de disputar a Copa do Brasil é capaz até de pedir dispensa porque é pior do que isso onde é eliminatória, então acho que nem teria condição de atuar”, afirmou.

Na primeira fase do Baiano o Fluminense de Feira, assim como todos os outros oito clubes, disputaram nove jogos, porém a equipe venceu apenas dois jogos, empatou dois e perdeu quatro partidas.

Classificação Indicativa: Livre