Esporte

Em reformulação, CBF demite nove pessoas da Comissão de Arbitragem; saiba os nomes

Lucas Figueiredo/CBF

"Limpa" na entidade foi anunciada na manhã desta segunda-feira (25)

Publicado em 25/04/2022, às 16h59    Lucas Figueiredo/CBF    Redação

Passando por uma reformulação, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) demitiu nesta segunda-feira (25) nove pessoas que faziam parte do departamento. Entre os nomes dispensados, está Sérgio Corrêa, um dos mais antigos e responsável pelo árbitro de vídeo (VAR).

Além dele, foram dispensados o baiano Manoel Serapião, responsável pela análise da arbitragem, e coronel Marinho, ouvidor da entidade. Também deixaram a CBF Cláudio Cerdeira, José Mocellin, Nilson Monção, Almir Alves de Mello - responsável por cortes de vídeo do VAR - Marta Magalhães (psicóloga) e Érika Krauss (logística).

A reformulação foi anunciada no meio da manhã diretamente pelo recém-empossado presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme.

Leia também: CBF anuncia Wilson Seneme como novo presidente da Comissão de Arbitragem sem demitir ex-gestor

Nos cargos da comissão, continuaram Alicio Pena Júnior, nomeado interino por Ednaldo Rodrigues após a saída de Leonardo Gaciba em 2021, além de Giuliano Bozano e Édson Resende, que permanece como corregedor.

Sérgio Corrêa entrou na CBF em 2006 e, no ano seguinte, assumiu a presidência da Comissão Nacional, onde esteve até 2012. De 2012 até 2014, se ausentou da presidência, passando a ser diretor do departamento de arbitragem. Já de 2014 até 2016, foi novamente presidente. Por fim, de 2016 até hoje, permanecia na entidade, mais recentemente responsável pela implantação do VAR.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre