Esporte

"Resultado justo", diz técnico do Vitória após empate com Bahia de Feira

[
10 de Fevereiro de 2019 às 19:44 Por: Divulgação Por: Redação Galáticos Online 0comentários

O empate entre Bahia de Feira e Vitória, neste domingo (10), foi considerado um resultado justo por Marcelo Chamusca. O técnico do Rubro-Negro viu um confronto equilibrado na Arena Cajueiro.

"Resultado justo, por tudo o que foi apresentado nos 90 minutos. Já sabíamos do grau de dificuldade que enfrentaríamos aqui. O Bahia de Feira divide a liderança da competição com o Vitória por mérito. É uma equipe muito bem montada, com uma transição muito interessante", disse.

Sobre a atuação do time alternativo em grande parte do jogo, o treinador destacou a evolução. "Evoluímos muito em relação ao jogo com o Jacuipense. Hoje nós performamos. Criamos várias situações no primeiro tempo, onde poderíamos sair com um resultado melhor".

O comandante também valorizou o resultado para a classificação do Leão. "Mantivemos nossa invencibilidade na competição, continuamos no topo da tabela, junto com o Bahia de Feira. Conseguimos dar mais ritmo para essa equipe e também pudemos poupar alguns jogadores para o duelo importante que teremos lá no Maranhão".

Chamusca também comentou sobre o desempenho do atacante Cléber, que foi expulso no final do jogo, e cravou o grandalhão como primeira opção entre os reservas. "O critério que nós procuramos utilizar é o mais justo possível. O Eron teve sua oportunidade nos primeiros jogos da temporada e contra a Jacuipense. O Cléber vinha trabalhando muito forte. Durante a semana, em todos os treinos colocou bola para dentro. Fez um jogo muito bom, participou. Fiquei muito satisfeito. É um jogador jovem ainda. Pena que tomou um cartão vermelho no final do jogo. Com certeza, nesse momento, enquanto estamos dando mais condições ao Neto na parte física, ele será nossa segunda opção".

Sobre o confronto da próxima quarta-feira (13), contra o Moto Club, pela Copa do Brasil, o técnico classificou como uma decisão. "A mudança do regulamento para um jogo só pressiona quem joga fora de casa. É um jogo decisivo, onde precisamos minimizar erros. É um campo de grana alta, temperatura altíssima".

Em seguida, ele praticamente confirmou que mandará a campo o mesmo time que iniciou a goleada sobre o Jequié. "A ideia inicial é manter aquela base que jogou contra o Jequié. Podemos fazer uma mudança ou outra de acordo com o jogo".

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas