Esporte

Vitória faz jogo sofrível, perde e é eliminado da Copa do Brasil

[Vitória faz jogo sofrível, perde e é eliminado da Copa do Brasil]
13 de Fevereiro de 2019 às 23:38 Por: João Ricardo Por: Redação Galáticos Online 0comentários

Mais uma vez, o torcedor do Vitória é humilhado pelo próprio clube. Nesta quarta-feira (13), o Rubro-Negro adicionou mais uma decepção para a sua coleção. Desta vez, com mais uma atuação sofrível, o time baiano foi derrotado por 2 a 0 pelo Moto Club e acabou eliminado da Copa do Brasil ainda na 1ª fase.

O Leão podia até empatar, mas viu o time maranhense marcar com Gleissinho e Juninho Arcanjo. Com a eliminação, o Vitória ainda deixou de embolsar quase R$ 1 milhão de cota por classificação na competição.

Agora, os comandados de Marcelo Chamusca concentram suas atenções na Copa do Nordeste e no Campeonato Baiano.

PRIMEIRO TEMPO

O Vitória teve a chance de aumentar a vantagem logo aos seis minutos. Rodrigo Andrade fez boa jogada pela direita, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Livre quase que na pequena área, Léo Ceará isolou a bola e desperdiçou a chance de abrir o placar.

O duelo seguiu sem emoção até que, aos 31 minutos, o Rubro-Negro quase se complicou. Ronaldo errou saída de bola e deu de graça para Dalmo. Sozinho, o atacante tentou o chute, mas o goleiro conseguiu se recuperar e salvar com os pés.

Já aos 38 minutos, o Leão teve mais uma chance pela linha de fundo, desta vez com Andrigo. O meia cruzou rasteiro, mas Rodolfo se esticou e fez a defesa antes que a bola chegasse em Ruy.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, quem começou assustando foi o Moto Club. Aos 12 minutos, Matheus Rocha perdeu bola e deu contra-ataque. Na área, Dalmo chutou cruzado e Ronaldo se esticou para fazer a defesa.

Aos 23 minutos, o técnico Marcelo Chamusca fez sua primeira mudança. Ruy deu lugar a Juninho.

Um minuto depois, o Rubro-Negro quase marcou. De fora da área, Andrigo emendou uma bomba e tirou tinta da trave.

Mas, aos 27, o Moto Club não desperdiçou. Após cruzamento na área, Ronaldo espalmou, a bola bateu em Ramon e sobrou para Gleissinho empurrar para as redes.

Já aos 47, Leandro Vilela derrubou Gleissinho na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Juninho estufou as redes e deu números finais ao duelo.

Moto Club 2 x 0 Vitória
Copa do Brasil – 1ª fase

Local: Castelão, em São Luís (MA)
Data e Horário: 13/02/2019, às 21h15 
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF/GO). Assistentes: Leone Carvalho Rocha (CBF/GO) e Hugo Sávio Xavier Corrêa (CBF/GO)
Cartões amarelos: Lucas Hulk, Lucas Dias (MOT); Léo Ceará, Yago (VIT)
Gols: Gleissinho (MOT)

Moto Club
Rodolfo; Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Mateus; Lucas Hulk, Naílson e Juninho Arcanjo; Márcio Diogo (Pedro Dias), Léo Paraíba (Gleissinho) e Danilo (Dalmo). Técnico: Wallace Lemos.

Vitória
Ronaldo; Matheus Rocha (Nickson), Ramon, Edcarlos e Jeferson; Rodrigo Andrade (Cléber) e Leandro Vilela; Yago, Ruy (Juninho) e Andrigo; Léo Ceará. Técnico: Marcelo Chamusca.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas