Esporte

Justiça ordena que Fonte Nova troque plotagens do Bahia 48 horas antes e depois dos jogos

[Justiça ordena que Fonte Nova troque plotagens do Bahia 48 horas antes e depois dos jogos]
16 de Maio de 2019 às 18:50 Por: Felipe Oliveira / ECBahia Por: Redação Galáticos Online 0comentários

No dia 11 de abril deste ano, a Justiça determinou que as plotagens do Esporte Clube Bahia deveriam ser retiradas da Arena Fonte Nova no prazo de 15 dias. Acontece que mais de 30 dias se passaram e elas seguem no mesmo local. De acordo com o GloboEsporte.com, na última terça-feira (14) houve uma nova decisão por parte do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e o juiz Glauco Dainese de Campo determinou que a administração do estádio tem 48 horas antes e depois de cada jogo para colocar e retirar as plotagens.

CONFIRA A DECISÃO:

"Poderá o Estádio da Fonte Nova ser caracterizado com as cores, símbolos e alusões ao clube que for utilizar o equipamento público, devendo a implementação ser realizada no período de até 48 horas antes do início do evento. O retorno a neutralidade do bem público deverá ocorrer no prazo de até 48 horas após o término do evento. Dessa forma, a título de exemplo, caso o jogo ocorra no sábado às 16:00, poderá iniciar o processo de caracterização na quinta-feira anterior às 16:00. A mesma caracterização do Estádio deverá ser totalmente retirada até segunda-feira seguinte no mesmo horário de término do jogo" diz a decisão do juiz Glauco Dainese de Campos.

O próximo jogo do Bahia na Arena Fonte Nova está marcado para acontecer no dia 26 de junho, às 19h, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e de acordo com a decisão, o estádio só poderá inserir as plotagens do Esquadrão a partir do dia 24. Como o outro jogo na Arena acontece no dia 29, contra o São Paulo, pela Copa do Brasil, neste caso o prazo para retirar as plotagens se estende até o dia 31 de maio.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas