Esporte

Com Ronaldo suspenso, Roger Machado indica João Pedro no meio

[Com Ronaldo suspenso, Roger Machado indica João Pedro no meio ]
Por: Felipe Oliviera/ECB Por: Redação Galáticos Online 0comentários

O técnico Roger Machado não poderá repetir a equipe que venceu o CSA no último domingo para o duelo contra o Vasco, nesta quinta-feira (5). Isso porque o volante Ronaldo foi advertido com o cartão vermelho e terá que cumprir suspensão automática. Para vaga de Ronaldo, o comandante revelou que irá promover a entrada do lateral-direito João Pedro, improvisado na posição. 

"João é uma alternativa. A gente não tem muitas, se precisar manter os três médios por dentro. Como foi contra o Goiás, que o João fez um belo gol. É uma alternativa e é bem provável que possa acontecer", afirmou.

O triunfo contra o CSA deu ao Bahia a possibilidade de continuar sonhando com uma vaga na Libertadores, ainda que remotamente – são 2,2% de chances, de acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Na visão do treinador, o resultado foi importante para restabelecer a confiança do grupo, que ainda pode atingir a melhor campanha do Bahia na era dos pontos corridos.

"Naquele jogo contra o CSA, no último domingo, deixamos para trás o momento de instabilidade, que durou mais do que a gente gostaria. Pensado no jogo como um elemento de decisão, porque era decisivo – a gente até ficou com um jogador a menos, que eu quebro a cabeça para montar a equipe amanhã – nos deu um otimismo, porque com resultados combinados, a gente vive essa expectativa, embora remota. O que nos motiva é terminar o ano bem, fazer a melhor campanha na história dos pontos corridos. Se isso acontecer, com os resultados paralelos ajudando, a gente pode pensar em alguma coisa. É o resgate da confiança e a possibilidade de fazer em casa, diante do torcedor, a gente deixar uma boa imagem dentro de casa," disse e completou:

"Confiança foi, se não plenamente, completamente restabelecida. Torcedor tem razão de estar frustrado e foi paciente. A tolerância foi o que fez acabar com a instabilidade. É lidar com esse momento com a mesma serenidade dos momentos de expectativa positiva".

Por fim, Roger comentou sobre o desempenho da equipe na Arena Fonte Nova. 

"Retrospecto recente, teve uma queda, mas fora melhorou. Em alguns momentos de instabilidade onde há uma pressão exacerbada, jogar fora, em alguns momentos, se torna mais tranquilo. Dentro da nossa casa, o que eu tenho de lembrança do torcedor é que essa energia que passa, já relatei, no último jogo em casa, empate contra o Atlético-MG, quando parte da torcida decidiu nos vaiar, algo que é difícil para o atleta... Seria a mesma coisa que estar em família na arquibancada, no momento em que erro, minha mãe, meu pai, meu irmão me vaiarem. De todo modo, quando o torcedor não gosta, ele se manifesta. Contra o Atlético-MG, ele transformou o estádio em um caldeirão, abafando e fazendo com que parte da torcida viesse junto com eles. Isso repetido várias vezes, faz com que a gente tenha uma confiança. Essa é a grande diferença que vi de outras equipes por quais passei e joguei contra. Essa energia vinda do torcedor, que apoia quando mais precisa, que eu queria ver ampliada. Os atletas nunca então jogando de má vontade. Isso, com toda segurança de quase 30 anos de futebol, é muito raro de acontecer. Não pode dizer que não aconteça, mas é raro. O que acontece é a perda de confiança, que faz com que tu erre gestos simples. Perda de confiança se atribuiu a medo, fala que o time é pipoqueiro. Em outros esportes, você vê o tenista falando que perdeu a confiança no saque, que não estava bem emocionalmente, e ninguém fala que ele é pipoqueiro. Amanhã, que nosso torcedor possa nos ajudar como tem nos ajudado, enchendo a Fonte Nova e nos empurrando para o ataque".

Bahia e Vasco se enfrentam nesta quinta-feira (5), às 19h15 (de Brasília). O Tricolor tem 48 pontos, um a mais que a equipe carioca, e ocupa a 11ª colocação.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas